segunda-feira, 18 de dezembro de 2017 08:53

13º salário para vereadores?

# A semana foi de polêmica no Hospital Dom Bosco. Carlos Alberto Benedetti, na condição de pré-candidato a deputação estadual, veio à imprensa e fez duras críticas a Fundação da Saúde.

# Sabe-se que Bendetti e o presidente da Fundação Municipal da Saúde, Anderson Mantei, alimentam uma rota de colisão. São hoje pessoas que não se dão.

# Quando Benedetti critica a Fundação ele quer atingir a quem? Anderson ou a Fundação?

# Recomenda-se ao presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Martins a parar de elogiar Orlando Desnconsi, do PT, através de sua conta nas redes sociais.

# Quando forças partidárias começam a discutir o Hospital Dom Bosco, ninguém vê contribuição para uma solução. Ainda mais às vésperas de ano eleitoral.

# Após muita insistência a Câmara de Vereadores de Santa Rosa se posicionou sobre o Concurso.

# Câmara afirma que, por cautela, já havia suspendido as nomeações e que contestará os fatos presumidos e articulados no processo e nos prazos estabelecidos em Lei.

# Na verdade a grande preocupação é com o 13º salário que está sendo articulado para ser pago aos 15 vereadores.

# O presidente do Legislativo, Paulinho dos Santos - PPS, é favorável ao pagamento. Paulinho diz que os outros 14 vereadores também defendem a decisão.

# Se acordado, cada vereador deverá receber R$ 7.760,00 a mais em dezembro. O 13º gerará uma despesa aos cofres públicos de R$ 116.400,00. É pouco?

# Paulinho defende economia na Câmara. Diz que o Legislativo é enxuto, econômico e trabalhador. Mas isso justifica mais gasto público?

# A ACISAP, Sindilojas e Sindicato dos Servidores Municipais se posicionaram contra. Com eles está a grande maioria da comunidade. Seriam todos contra os 15 vereadores?

# E você? Qual sua opinião? Procure seu vereador e deixe bem claro seu posicionamento! Lembre-se: quem paga a conta é o contribuinte... você!

# Afinal, até onde convém o principio da economicidade?

# O vereador Fernando Classmann e seus três assessores de campanha foram inocentados pelo Tribunal Regional Eleitoral. Maioria dos desembargadores não aceitou a prova apresentada.

# O desembargador foi claro e deu um “puxão de cabelo” nos absolvidos. Carlos Marchionatti, em seu pronunciamento, afirmou que ficou nas ligações telefônicas gravadas, uma situação de certa gravidade.

# Resumindo: virou em galeto assado.

# Já ontem o Tribunal Regional Eleitoral condenou por unanimidade Marino Martins, Fernando Borella, Lina Michalski e Ademar da Veiga Martins - o Dema. Todos na ação do Limpa Fossa.

# Janor Duarte ganhou a primeira no TRE. Ele ainda defende uma ação de improbidade pelo mesmo caso na Justiça local.

 

Faça seu comentário