• sexta-feira, 4 de novembro de 2016 08:41

    “Me apetece”

    # Duas mortes marcantes, pelo tempo que eles ficaram entre nós. Abílio Nasi, da Vila Glória, e Edi Francisco Leite, do Bairro Cruzeiro, ambos octagenários. Edi, popularmente conhecido como Paquito, morreu aos 88 anos. Estava batendo na porta dos 89. Foi elogiado por Vicini por sua conduta irreparável como servidor municipal.
    # Seu Abílio era pai de Carlos Nasi, ex-secretário de Vicini e de Bimbo Nasi, ex-presidente de Hortigranjeiros. Em vida, teve o carinho dos filhos até o último suspiro.
    # É de quase 30% o corte no futuro secretariado do Governo de Leonel Petry em Tuparendi. Sete secretarias serão transformadas em cinco. E os titulares já são conhecidos.
    # Dolores Turra será secretária de Planejamento e Administração, reforçando a Prefeitura de Tuparendi, mas desfalcando o Corede. É ótima em projeto e rígida em disciplina.
    # Agricultura e Obras, que também serão uma pasta só, ficará sob o comando do vereador Geraldino Morin.
    # As três demais secretarias se completam com as titulares Tânia Lütke (Finanças), Sandra Cancian (Saúde) e Liria Seibot (Educação). Tânia é do quadro de carreira.
    # O futuro secretariado de Tuparendi terá maioria feminina: quatro mulheres e apenas um homem.
    # Enquanto isso, em Santa Rosa, a construção do novo secretariado esteve em compasso de espera nesta semana recheada de feriados.
    # Vicini viajou no sábado passado para Santa Catarina, de onde só volta neste sábado. Deve retomar as conversas na semana que vem.
    # Vasculhei minhas fontes e não consegui retirar nem um fio de cabelo sobre novos nomes.
    # Benvegnú é dos meus, não desconversa, não foge à pergunta. Te apetece concorrer a prefeito em 2020? “Me apetece”. Admite sair do PSB e ter que entrar no PP para viabilizar uma candidatura majoritária? “Hoje, não”.
    # O Especulado ainda não se manifestou sobre a perspectiva de presidir a Fundação. A expectativa, hoje, está entre sim e entre não.
    # Vicini garante que ocupará o PTB em seu próximo governo. Só não disse em que lugar do ônibus, se no bagageiro, no último banco, mas vai.
    # Orlando tem seu nome vinculado em denúncia nacional. Faz parte de uma lista de 443 ex-deputados que fizeram uso indevido de dinheiro público, gastando a cota de passagens aéreas da Câmara e do Senado para fins particulares.
    # Entre os mais conhecidos parlamentares da região, constam os nomes de Manuela D’ávila, Alceu Collares e Francisco Turra.
    # A denúncia partiu da Procuradoria da República na 1ª Região, baseada em dados levantados pelo site Congresso em Foco.
    # O crime atribuído é de peculato, cuja pena varia de dois a 12 anos de prisão em caso de condenação.
    # Datada de ontem, 3 de novembro, Orlando Desconsi distribuiu nota à imprensa. Disse que ainda não foi formalmente informado sobre o conteúdo da acusão.
    # E garantiu: “as passagens das quais fiz uso no exercício do meu mandato, bem como a finalidade com a qual justifiquei estes usos, jamais excederam o regramento estabelecido pela Câmara dos Deputados para os mesmos. Tanto é verdade, que nunca recebi qualquer notificação da Mesa Diretora da Câmara sobre qualquer irregularidade”.

  • sábado, 29 de outubro de 2016 09:07

    É a matéria que se foi!

    # Até hoje ouço citações seguidas de Vergílio Lunardi. Não o conheci e nem sei a data de seu falecimento. Isso prova que homens como Vergílio Lunardi não morrem, ficam flutuando na memória de suas raízes.

    # Pedro Carpenedo também não morreu. É a matéria que se foi. A história já o eternizou e o futuro se encarregará de refletir-se em seus feitos e conhecimentos. Será citado por gerações que não o conheceram pessoalmente, nem saberão quando faleceu, mas dimensionarão sua importância na construção da história de Santa Rosa.

    # Em certa entrevista lembrando os tempos iniciais do Frigorífico Santa-rosense, o visionário Pedro dizia que muitas vezes se levava um dia para conseguir uma ligação telefônica para Porto Alegre.

    # Vivia-se a extrema pobreza tecnológica. As gerações atuais são contempladas com tantos confortos, graças a homens como Pedro Carpenedo que viravam a noite para transformar cenários.

    # A morte de Pedro desperta a vontade de muitas pessoas de retroagir no tempo, através de documentos, para conhecer um pouco mais sobre a história de Santa Rosa. É simples: busquem o livro “Santa Rosa - Histórias e Memórias” escrito pela historiadora Teresa Christensen.

    # “Caralho, a vida segue, compreendeu?”, diria Pedro Carpenedo. Então voltamos à vida e ao nosso dia a dia.

    # O novo governo de Vicini começa a tomar forma. Dos cinco nomes confirmados, o superssecretário é do PSB e os quatro demais são todos do PP: Lina, Leila, Scherer e Viana. Se o Scherer eventualmente não é filiado, creiam que será.

    # Dos três apontados como prováveis secretários, Lires e Borela são do PP e Anderson Mantei é do PDT. Aliás, o PDT que concorreu contra Vicini no pleito de 2 de outubro.

    # Anderson Mantei foi cogitado para concorrer a prefeito, depois a vice e agora à presidência da Fundação Municipal de Saúde. Pode entrar para a história como o “Especulado”. É chegado a uma moita.

    # Novos nomes de Vicini fatalmente contemplarão os partidos coligados, especialmente o PPS que completa com duas cadeiras a bancada situacionista.

    # Duas questões que desgastaram Vicini no atual governo, provocando fortes debates públicos, ele próprio fez questão de retomá-las. Vai demolir o ginasião para vender os terrenos e fundirá a Cultura com o Esporte.

    # Timirinho, Rodrigo Bürkle e Aldair Melchior (chamado de Melchior Mallmann no Bem Te Vi da semana passada), exercerão seus mandatos na Câmara. Desculpe, Aldair pela troca de bolas.

    # Aldemir Ulrich, do PMDB, uma das novidades da próxima Legislatura, foi à Câmara pedir informações sobre as funções de um vereador. Saiu carregado de cópias de leis, Regimento Interno e Lei Orgânica.

    # Luis Antônio Benvegnú continua licenciado do cargo de presidente da Fundação Municipal de Saúde. Talvez nem retorne mais para a função.

    # Sendo Superintendente Geral de Governança e reeleito vice-prefeito, Benvegnú ocupará uma secretaria sem custos funcionais à Prefeitura. Como médico da Fundação ele recebe um salário superior ao de vice-prefeito e muito mais do que o de secretário.

  • sábado, 22 de outubro de 2016 14:26

    Quebraram o dedo!

    # Luis Antônio Benvegnú não presidirá a Fundação Municipal de Saúde. Será uma espécie de Chefe da Casa Civil, atuando em todas as áreas do governo. A fonte é oficial e pública: Alcides Vicini.

    # Vicini assegurou a futura situação de Benvegnú no sábado passado, no programa comandado por Clairto Martin. Nos corredores da Rádio Noroeste, Benvegnú chegou a se queixar: “prefeito, não era para só anunciar isso em dezembro?”.

    # Na Prefeitura está a caminho uma reestruturação administrativa. Pouco se sabe a respeito e nem a dimensão que terá. Mas, duas coisas já estão anunciadas: a Secretaria de Agropecuária volta a ter status de pasta e Benvegnú ocupará uma super secretaria.

    # Melchior, uma das novidades das eleições proporcionais, disse que sua vontade é de exercer o mandato de vereador conquistado em 2 de outubro.

    # Ministério Público Federal mantém o alerta de que as pessoas são obrigadas a permitir o acesso dos agentes de saúde em suas propriedades. O agente voltará com soldados da Brigada Militar em tais situações para cumprir sua missão de vistoria.

    # Chuvas intensas desta semana em Santa Rosa preocupam as autoridades sanitárias, com um volume imensurável de água parada criado pela natureza. É um campo aberto para novos criatórios do mosquito transmissor da dengue.

    # As chuvas também fizeram estragos nas lavouras de trigo, mas os técnicos só dimensionarão os prejuízos na próxima semana.

    # Cotrirosa finca pé em Roque Gonzales, onde locou um grande armazém particular.

    # Miro Jesse presidirá, seguindo a tradição da Casa, a sessão de instalação da 17ª Legislatura e a da posse do prefeito Alcides Vicini e do vice Luis Antônio Benvegnú.

    # E quem presidirá a Câmara no ano que vem? É um assunto que ainda não tomou corpo, mas tem um elemento novo: a oposição tem maioria.

    # Aliás, a eleição à Mesa Diretora da Câmara será o primeiro grande teste sobre o senso de unidade da oposição.

    # Mais uma ganhada da Polícia Civil. Quatro indivíduos vindos de Porto Alegre arrombaram uma relojoaria na manhã de sábado passado em Santa Rosa. No final da tarde do mesmo dia foram presos em Canoas com todo o produto do furto. A investigação foi comandada daqui pelo delegado Vilmar Schaefer.

    # Os malandros pensaram que agiriam numa boa numa terra de colonos, voltando rindo para casa. Quebraram o dedo.

    # Alguém tem qualquer relação, a mínima que seja, com Eduardo Cunha? Pense e aja rápido, porque faltará ventilador em breve no Paraná.

    # Alcídio Severo e José Adolfo Danda estão revolucionando o Clube Concórdia. Na primeira semana de novembro teremos a 1ª Copa Concórdia Internacional de Bochas, uma ação ousada da diretoria.

    # Participe hoje da Caminhada Rosa. Começa às quatro da tarde em frente ao Mercadão Público. O evento cresce em participantes a cada ano.

  • sexta-feira, 14 de outubro de 2016 10:14

    O fura-fila

    # Vicini ainda não começou a pior fase do pós-eleição: a montagem do novo secretariado. É uma dor de cabeça e um período em que companheiros viram ex-companheiros, militantes ex-militantes e assim por diante.
    # Porém, nada que tire o sono de Vicini. Afinal, com quatro mandatos quase concluídos ele conhece bem o caminho das pedras.
    # Falando em pedras, Timirinho vai para a Câmara ou permanece na secretaria de Infraestrutura?
    # E Benvegnú, o nosso bi, permanecerá na presidência da Fundação Municipal de Saúde?
    # Ouvi mais de 10 pessoas comentar que Anderson Mantei é especulado para presidir a Fundação. Quem estaria assessorando politicamente Mantei? Deve ser alguém do PT.
    # Orlando Desconsi bateu nos compradores de votos (sem citar nomes e partidos) e também bateu em Osmar Terra.
    # Cláudio Franke rebateu nesta semana. Disse que quem disputa uma eleição deve saber as regras do jogo e não chorar depois. Classificou as críticas de Orlando como deselegantes e risonhas.
    # Para Franke, quem fiscaliza uma eleição são os partidos que a disputam. “Se ele sabia que uma escuta telefônica condenaria um determinado candidato, porque não acionou o Ministério Público?”.
    # Câmara de Vereadores perde o sorriso e a tranquilidade de Moacir Rigo.
    # Rodrigo Colla garante que o PSDB terá um candidato a deputado estadual na nossa região concorrendo em 2018. “Não sei quem será, se serei eu ou outro, mas garanto que alguém preencherá este espaço político”.
    # Oktoberfest termina mais uma edição com pleno sucesso de público e de bom comportamento.
    # Que tal a FEMA? Vai investir R$ 7,5 milhões em um novo prédio. Não é para agora, mas é um projeto que começa a sair do papel.
    # O fura-fila nas filas do SUS foi a denúncia da semana, alimentada todos os dias pela RBS TV. Será que temos fura-fila na Fundação Municipal de Saúde?
    # A resposta viria com fundamento através de uma eventual investigação do Ministério Público Federal, que ótima atuação em nossa cidade.
    # O fura-fila me faz lembrar de parte de um verso de Jayme Caetano Braun, que transcrito para o caso local ficaria assim: “yo no creo en fura-fila, pero que los hay, los hay”.
    # Dá-lhe Vanoli Kist. Camera retoma sua unidade de São Luiz Gonzaga.
    # Polícia Civil, sob o comando de Vilmar Schaefer, deu mais um trancaço no tráfico de drogas.
    # Hospital Dom Bosco começa a virada em 1º de novembro. Em breve deve dobrar seu faturamento.
    # Futuro Governo de Vicini terá pelo menos uma cara nova?