• sábado, 30 de agosto de 2014 08:56

    Mano caiu por ingenuidade. Timirinho por insistência.

    # Timirinho é alvo de uma CPI na Câmara, por supostamente estar à frente de ações clientelistas do governo. Persistiu. Aí, não deu pra Vicini segurar.

    # O que fez Mano parece natural, mas não é. Os tempos são outros. Ele deveria dar exemplo como secretário, não produzir o contrário. Se não fosse denunciado, não daria nada. Não foi algo de envergonhar o padre.

    # “Não basta à mulher de César ser honesta, ela precisa parecer honesta”, conta a história. Isso vale para qualquer assessor público.

    # Vicini mandou demolir o Ginásio Moroni. Porém, até agora não vi um prego ser retirado. E o primeiro prego só será retirado, após o prefeito medir a reação.

    # Darci Petrazzini é fiel a Vicini. Vou repetir: Petrazzini é fiel ao prefeito Alcides Vicini. É um valor moral que consagrou grandes homens. Deixa uma pasta que estava sob controle, para assumir o que hoje é um grande “pepino”. Isso é fidelidade.

    # E tem mais: Darci Petrazzini, por ser aposentado do serviço público, ganha menos de R$ 2 mil por mês para ser secretário. Se fosse pelo salário, não valeria a pena se incomodar ou se dispor ao incômodo.

    # Promotor Marcelo Squarça pediu que Vicini avalie a possibilidade de suspender por enquanto a demolição do Moroni.

    # Cláudio Franke veio à imprensa e apelou para que Vicini protele este debate para depois das eleições, alegando que a legislação eleitoral restringe a manifestação de candidatos na imprensa.

    # É que Osmar Terra assegurou R$ 4 milhões para a construção de um novo ginásio de esportes. Fez o anúncio durante aquela polvadeira girada em torno da venda do terreno do Parcão.

    # Vicini diz que os R$ 4 milhões prometidos por Terra (dinheiro viria do Ministério do Esporte), viraram apenas R$ 700 mil. Assim, teria que vender o terreno do Moroni...

    # Em plena campanha eleitoral, Terra sai deste debate. Franke acha injusto, assegurando que há um contraponto do parlamentar.

    # A Prefeitura anuncia um novo ginásio esportivo que custará R$ 6 milhões. É óbvio que uma eventual venda do terreno do Moroni, mais os R$ 700 mil de Brasília, serão insuficientes. De onde virão os outros milhões que estão faltando?

    # Se a decisão do Governo Vicini de construir um ginásio é tão relevante, quais são todas as etapas à sua execução?

    # Plantão ‘Cai Cai’ informa: até às 18h de ontem, ninguém havia caído na Prefeitura. Não vale cair no final de semana.

  • sábado, 23 de agosto de 2014 16:01

    Alcides Vicini disse que o terreno do ginasião será vendido. E pronto!

    # Segundo assegurou Alcides Vicini, o terreno do ginasião será vendido. E pronto!

    # Nasi, do Planejamento, explica que será um processo transparente: “todos poderão participar do leilão”. Ah, se é assim, então tudo bem. Pensei que do leilão fosse participar meia dúzia.

    # Quanto custa o terreno do ginasião, Nasi? “Talvez R$ 2,5 milhões”. Que pena! Estou fora do leilão. Meu dinheiro não alcança. Mas fica para outro leilão, quem sabe?

    # Mas o que disse Nasi é importante ressaltar, para acabar com as conversinhas de canto. “Todos podem participar do leilão de um terreno pré-orçado em R$ 2,5 milhões”. Todos (?).

    # Vereador Cláudio Schmidt diz que está sendo ameaçado. Vai pedir proteção policial.

    # Morreu Erani Guilherme Müller, conhecido pelos amigos mais chegados pela alcunha de “Frangão”. Um grande político. Saudades. Combateu a Ditadura Militar em plena ditadura, aqui em Santa Rosa.

    # A Fundação Municipal de Saúde tem um orçamento projetado de R$ 80 milhões para 2015. Levando em conta uma população de 70 mil habitantes, o gasto per capita será de R$ 1.142,85 no ano. Isso significa investir R$ 3,13 por dia na saúde de cada santa-rosense usuário do SUS.

    # Não sou contra o crescimento econômico de Santa Rosa. Mas, não sou mesmo! O que me faz pensar é porque alguns empresários locais, com pleno consentimento do Governo Municipal, apontam seus interesses por terrenos públicos.

    # O perímetro urbano de Santa Rosa está por ser superior a 60 km². O shopping tem que ser no terreno do Parcão? Outro empreendimento comercial tem que ser no terreno do ginasião?

    # Não é verdade que não existe área estratégica para investimentos comerciais na cidade. Toda a cidade é disponível. Basta comprar.

    # A Loja Exclusiva comprou terreno para investir. A rede Benoit comprou um filé mignon imobiliário na Avenida Rio Branco e está construindo. Móveis Di Bento comprou um terreno privado e construiu. Lojas Becker comprou área privada e construiu. Querem mais exemplos? Tem aos montes.

    # Quem vendeu as áreas citadas tinham as propriedades para fazer negócio. É o caso da Prefeitura?

    # Valdir Carpenedo, (quem diria?), vem à Rádio Noroeste às 8h30min desta sexta-feira, contrapor contestações de Cláudio Schmidt.

    # Valdemar Fonseca quer saber quantos e quais os imóveis a Prefeitura pretende vender. Pergunta como esta é mais comum em imobiliárias.

  • sábado, 16 de agosto de 2014 11:44

    Cláudio Schmidt bate de frente com o poder econômico da cidade

    # Cláudio Schmidt bate de frente com o poder econômico da cidade. É uma atitude rara na história de Santa Rosa.

    # Valdir Carpenedo foi claramente citado: “ele fez 90% do asfalto da cidade e agora vem dizer que não sabia o que iria encontrar na Avenida Expedicionário Weber?”.

    # Schmidt, nesse episódio, está no mínimo sendo valente e cheio de vontade para enfrentar eventuais aborrecimentos.

    # Um susto. Jeferson Fernandes teria sofrido um acidente em Soledade. Aconteceu mesmo. Ninguém se feriu.

    # PSDB estava certo de que a gerência da UPA seria dada para um indicado da sigla. Não foi. Um líder tucano diz que a indicação que vingou foi a do PSB, do vice-prefeito Luis Antônio Benvegnú.

    # UPA/Políticos, Políticos/UPA eu pensei que fosse uma relação forte que durasse até a inauguração. E que depois tudo seria tocado tecnicamente pelo Vida & Saúde.

    # Paulo Paím abre o voto para Osmar Terra e Neusa Kempfer, numa clara reaproximação com O PMDB. Paím concorreu a vereador pelo PMDB em 1988, quando Vicini venceu Terra na disputa pela Prefeitura. Depois ajudou a fundar o PCdoB. Deixou de ser comunista por discordar da cúpula atual.

    # Vale-livro novamente é o principal responsável pelos ótimos resultados de venda da 10ª Feira do Livro.

    # Prefeitura estaria preparando uma lista de terrenos para serem leiloados. Entre eles, o do Ginasião.

    # Tape Porã parece fadado a um eterno debate. Prefeitura e Cidade Interativa estão distantes no atual estágio de discussões.

    # Proposta do governo Municipal é começar o Tape Porã pela metade do caminho. Em frente ao novo mercado.

    # Fernando Classmann, que sonha em ser prefeito de Santa Rosa, sentará na cadeira durante os próximos 10 dias.

    # Bela atitude do PSB de Santa Rosa ao homenagear a memória de Eduardo Campos na quarta-feira, no mesmo dia da morte do líder socialista.

    # Sinais de novas movimentações de cadeiras no secretariado de Vicini.

    # Seja bem vindo Padre Isidoro. Figuraça da Igreja Católica.

    # Plebiscito por uma Constituinte que reforme a política nacional tem adesões em Santa Rosa. A tua pode ocorrer na quarta-feira que vem, às 17h na Praça da Bandeira, onde inicia uma caminhada.

    # Orlando Desconsi andou subindo em palanques de inauguração e discursado ao lado de Vicini. De novo?

    # Uma boa Feira do Livro pra todos. Hoje e amanhã.

     

  • sábado, 9 de agosto de 2014 09:16

    # Vicini deve encaminhar nos próximos dias a venda do Terreno do Ginasião

    # UPA será inaugurada hoje, mas só entra em operação plena na semana que vem. É uma figura nova entre nós. Os dias nos dirão com exatidão o que muda na nossa saúde curativa com a presença da nova estrutura.
    # Hospital Vida & Saúde receberá R$ 7,7 milhões por ano para operar a UPA. São 20% a mais no faturamento da instituição. E a necessidade da contratação de 20 médicos e 80 profissionais de apoio.
    # Viagem a Brasília pelo aeroporto foi marcante mais pela audiência com a equipe técnica da Secretaria de Aviação Civil. Os técnicos entenderam a preocupação da região. E concordaram. A pista tem que suportar aeronaves com 70 lugares. Atendido o pleito, pouco importa o C (1, 2, 3...).
    # Municípios da Fronteira Noroeste e Celeiro mostraram que a mobilização por um pleito regional ainda é possível. Causa entusiasmo o resultado de toda a articulação.
    # Vicini deve encaminhar nos próximos dias a venda do Terreno do Ginasião. Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura?
    # Vender um terreno público em área nobre é de uma genialidade espantosa.
    # Recapeamento da Expedicionário Weber foi contratado inicialmente por R$ 3.736.101,65.
    # O engenheiro Maurício Lenz, que fiscaliza as obras de asfalto, diz que o trecho já trabalhado apresentou-se muito mais degradado do que se previa. Ou seja, a obra será encarecida.
    # Mesa Diretora da Câmara propôs formalmente a transformação em CC o cargo de diretor geral da Câmara. No entanto, a própria Mesa recuou e retirou de pauta o projeto. Isso mostra claramente o quanto estão divididas as bancadas sobre o assunto.
    # Mais 90 dias para a CPI dos Tubos. Previsão de conclusão é para novembro, após as eleições(!).
    # Apesar do nítido descontentamento de Cláudio Schmidt com a assessoria da CPI, não rolou nenhuma cabeça.
    # Viveremos a 10ª Feira do Livro, vigorando pela segunda vez o Vale-Livro. Uma grande conquista, mas que ainda não foi comemorada pelo próprio Governo Municipal que a criou.
    # O Passe Livre também completa um ano. Nenhum pio até agora. Vão se elogiar quando?
    # Santinhos estão chegando. E com eles cartazes coloridos, músicas e, enfim, um pouco de clima de campanha.