• sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017 16:15

    Mas calor elevado?

    # A novidade na área política da semana foi o anúncio de Cláudio Schmidt, antecipando seu interesse de concorrer à deputação estadual em 2018.

    # Schmidt colocou seu nome à disposição do partido, já falou com o ministro Osmar Terra e teria recebido um sinal verde de Neusa Kempfer e Valdemar Fonseca. Neusa e Fonseca, pela ordem de dedicação em campanhas anteriores do PMDB, têm preferência para este tipo de decisão.

    # O vereador peemedebista diz que o eleitorado local precisa de uma mobilização mais intensa. “Quem sair daqui com 13 mil votos garante eleição na região”, projetou.

    # Para Cláudio Schmidt, Jeferson Fernandes, do PT, é um candidato nato de São Luiz Gonzaga. Em tempo: o domicílio eleitoral de Jeferson Fernandes é em Santa Rosa há décadas.

    # Nas eleições proporcionais de 2014, com a renúncia do PP de lançar um candidato local à deputação estadual, a sensação era de que finalmente a cidade ampliaria mais um assento na Assembléia Legislativa, além da de Jeferson. Não deu, Neusa Kempfer bateu no poste, mas não se elegeu.

    # Agora o pleito eleitoral está alinhado com cinco candidatos de Santa Rosa (até agora): Jeferson Fernandes (PT), Aloísio Classmann (PTB), Cláudio Schmidt (PMDB), Rodrigo Colla (PSDB) e alguém do PP.

    # Darci Petrazzini, presidente do PP, diz que o partido avaliou como negativa a experiência feita em 2014 de não lançar um candidato à Assembleia.

    # Darci garante que em 2018 o PP terá candidato e diz, inclusive, que isso é pauta atual no comando da sigla. Afirma que no momento existem três nomes fortemente especulados internamente, mas preferiu não alimentar especulações. Só disse que dois são de Santa Rosa e um da microrregião.

    # Com tal quadro instalado, dá tranquilamente para projetarmos mais uma disputa canibal para 2018 na luta por vagas estaduais.

    # Fevereiro com temperatura cada vez mais quente na Coopermil. Joel Capeletti em campanha à reeleição e Milton Racho também em campanha liderando a chapa de oposição.

    # Pleito da Coopermil apresenta duas questões jamais vistas nas últimas assembleias. Primeiro, que o local escolhido foi o Clube Serrano, em Santo Cristo, quando tradicionalmente eram realizadas em Santa Rosa. Segundo, a cooperativa desta vez decidiu abolir as pré-assembleias que antecediam a assembleia geral. São questões que não fugirão dos debates da campanha. A eleição está marcada para 17 de fevereiro, daqui a duas sextas-feiras.

    # Dá-lhe Vó Isabel. É a única escola que fará carnaval em Santa Rosa de um jeito ou de outro e do tamanho que for possível.

    # Entre hoje e domingo tem Rodeio Crioulo no Parque de Exposições, organizado pelo Piquete Parceria. Vamos?

    # Asfalto da Avenida Expedicionário Weber está derretendo nas laterais.

    # Calor elevado e trânsito de caminhões são as duas principais razões apresentadas pela empresa. Com os caminhões até concordo. Mas calor elevado? Então no Nordeste deve só ter vias calçadas ou ensaibradas.

  • sexta-feira, 27 de janeiro de 2017 16:45

    Nervos à flor da pele. Justiça Eleitoral retomou suas atividades...

    # Resolutividade do Vida & Saúde está prestes a dar mais um passo. Em abril passará a operar o setor de hemodiálise com 27 máquinas. Hoje são 18. Nove foram compradas com R$ 300 mil de emenda de Bohn Gass.

    # Seja bem vindo Dr. Raphael Gorgen, novo Procurador da República. Ele, como foi a Drª Letícia Carapeto enquanto esteve conosco, é de uma geração de ótimo convívio com a imprensa.

    # Cláudio Franke e sua esposa Marisete comemoram a conquista do filho Henrique, que chegou ao topo do Monte Aconcágua, o maior das Américas. Ele agüentou 26º negativos no último passo da escalada.

    # Alcides, Elenir, Silvio e Leonardo Vicini viverão um domingo de extrema tristeza. Seus verdadeiros amigos podem amenizar a dor, sem que seja necessária qualquer criatividade. Basta um abraço. Domingo, faz três anos que Cristiano Vicini desapareceu.

    # Sem carnaval de rua. Sem carnaval alternativo. Sem carnaval de um ou de outro jeito, só para o povo brincar no Tape Porã. Duas das três escolas desistiram. Sobrou só a Vó Isabel.

    # Que pena. Sou apaixonado por carnaval, mas compreensivo o suficiente que a Prefeitura não deve destinar grandes recursos. Ninguém sabe o que virá pela frente, quanto a economia do país. Mas nem um carnavalzinho? Mesmo que mixuruco?

    # Não tenho dúvida nenhuma que a Vó Isabel fará um agito só pra ela. Faço um apelo: me convidem.

    # Tem eventos em Santa Rosa que eu não aprecio, mas não é por isso que falo mal. E isso em respeito daqueles que gostam.

    # Não consigo entender os motivos que levam pessoas que não gostam de carnaval, comemorar nas redes sociais o cancelamento do carnaval. Se não gosta, não vai. Se não sai o evento, que falta fará se não gosta?

    # Fenasoja firmou parceria com a Agência GH para captar recursos através das leis de incentivos fiscais. O jovem Alexandre Maronez sabe que as torneiras das estatais já secaram.

    # Eventos de qualquer natureza e tamanho que tenham um elevado grau de dependência do dinheiro público, devem se repensar imediatamente. Não vão levar, porque não tem dinheiro público disponível.

    # Que tal um café regado a pão, vinho e mondongo? É a primeira atração da 86ª Festa dos Navegantes em Porto Mauá na próxima quinta-feira, dia 02 de fevereiro. Depois, muita fé, mais comilança e dança.

    # Nervos à flor da pele. Justiça Eleitoral retomou suas atividades e há processos cabeludos na linha de julgamentos.

    # Dívida Ativa da Prefeitura de Santa Rosa é superior a R$ 30 milhões.

    # Medo. Valdemar Fonseca admite publicamente a forte possibilidade de uma epidemia de dengue.

     

  • sexta-feira, 20 de janeiro de 2017 10:16

    Quarenta e seis toneladas de lixo por mês soa como se estivéssemos produzindo pouco lixo. Agora, 46 mil kg é de arregalar os olhos. É muito lixo.

    # Quarenta e seis toneladas de lixo por mês soa como se estivéssemos produzindo pouco lixo. Agora, 46 mil kg é de arregalar os olhos. É muito lixo.
    # Tem uma turma de ótimos profissionais desenvolvendo o Programa Municipal de Gestão dos Resíduos Sólidos. Pode ser o mais completo e mais bonito programa do mundo, mas não dará em nada se o gerador do lixo não assumir sua parte.
    # É tipo a questão da dengue (autoridades sanitárias locais estão tremendo de medo diante de iminente explosão de uma epidemia da doença). Se a população não fizer sua parte, ‘adeus Tia Chica’.
    # Em tempo: lixo é para os antigos. A alusão correta para os dias de hoje são resíduos sólidos. É mais chique!
    # Marino Martins voltou a ser vereador, assumindo a cadeira de Lires Zimmermann Führ, que foi para a Secretaria de Educação. Deu um bafafá nas redes sociais e eu não sei porquê.
    # Marino não é um vereador cassado. Ele foi condenado em primeira instância por ter utilizado os caminhões para cooptar bostas e votos. Teve seus direitos cassados por 8 anos e o registro da sua candidatura, daí, sim, cassado.
    # Mas isso tudo transcorreu em primeira instância. A lei dá o direito a Marino Martins discordar da decisão da Justiça local e buscar provar sua inocência na instância superior (TRE). Se você gosta ou não disso, saiba que isso faz parte do jogo.
    # Servidores municipais só têm uma garantia de Vicini: ninguém ganhará abaixo do salário mínimo. Será compensado por um abono recauchutado até março. O resto é tudo uma incógnita.
    # O funcionalismo, sempre acostumado a receber como reajuste a inflação e alguma coisa de ganho real, dificilmente repetirá tal acerto.
    # Nosso Tape Porã na mira do vandalismo. E sem bares vendendo cerveja e drinks.
    # Não adianta discutir porque seres humanos que gravitam entre nós arrebentam duas portas do banheiro do Tape Porã. A reação da Prefeitura é que deve ser rápida, como está sendo com o anúncio feito por Santo Altamiro Martins: portas mais fortes, vigias até às 10 da noite e videomonitoramento na maior parte possível do parque.
    # Vida & Saúde é disparadamente mais visitado do que a Rua da Xuxa. Desta vez o prefeito de Carazinho e dois secretários vieram conhecer como funciona uma instituição que cresce num cenário onde tantas outras estão quebrando.
    # Parabéns Sávio Lenz: Paparella campeão da 18ª Taça Noroeste de Futsal, patrocinada por Vencal, Deltasul e Sicredi. Parceria com Os Augusto, de Horizontina, foi decisiva.
    # Avançam conversações sobre o Carnaval de Santa Rosa. Vai sair.
    # Errei. O ex-secretário da Fazenda dos governos do PP de Tuparendi foi ‘transferido’ para a sub-prefeitura de Cinquentário (tudo a ver as duas funções!). Eu Citei Correio. Só não mandaram o Toco para a Argentina porque não existe amparo legal.

  • sexta-feira, 13 de janeiro de 2017 10:28

    Joel Capeletti afirma que concorrerá à reeleição e que em breve fará o anúncio publicamente

    # Os 27 anos de poder até agora incontestável de Joel Capeletti na Coopermil, será confrontado por Milton Racho, publicamente lançado candidato à presidência da cooperativa.
    # Joel foi eleito em sete mandatos sempre por aclamação, sem nenhuma oposição. Isso torna o próximo pleito um momento histórico à cooperativa.
    # Milton defende uma assessoria jurídica mais forte na Coopermil que, segundo ele, perdeu cerca de R$ 20 milhões numa operação com a Giovelli de Guarani das Missões “por falta de garantias reais”.
    # Joel Capeletti afirma que concorrerá à reeleição e que em breve fará o anúncio publicamente.
    # Taça Noroeste de Futsal em sua 18ª edição será decidida hoje à noite em Horizontina. A segunda maior cidade da região Noroeste do estado não tem um ginásio de esportes que atenda as exigências da Lei Kiss. Horizontina tem!
    # Papparella, do Sávio Lenz, com uma parceria com Os Augusto de Horizontina, Mac Bom Sorvetes e Bar do Cidinho está em mais uma final. Decide o título contra Ijuí, que matou o Vila Romana nos pênaltis.
    # Dois quiosques no Tape Porã numa primeira vista parece ser uma ótima ideia. Mas já pararam para pensar no que pode virar as imediações com a venda de bebida alcoólica?
    # Lindo como está o Tape Porã, dói em nós qualquer ato de vandalismo. E um filho de chocadeira conseguiu quebrar uma porta do banheiro.
    # Não teremos carnaval de rua, mas teremos carnaval. Ninguém seria tão radical a ponto de desconhecer o momento de crise. Mas, zerar o carnaval por falta de dinheiro é colocar em risco o maior período de longevidade da nossa folia. Algo será feito no Tape Porã e envolvendo as escolas de samba.
    # Em Tuparendi, ex-secretário da Fazenda dos governos do PP foi deslocado para trabalhar numa agência do Correio (que não funciona) em Cinquentenário. Cruzes! Isso ainda existe?
    # Leonel, sei que você é gente boa e não tem tempo e nem saco para picuinhas. Não te deixe envolver por algumas cabecinhas que ainda cospem soda caustica ao natural.
    # Sindisaúde partiu para o ataque. Agora diz que o Hospital Dom Bosco tem problema de gestão. É uma pressão pelo pagamento do vale-refeição, que virou ação na Justiça.
    # Milton Dummel: “se pagarmos tudo o que eles pedem no vale-refeição, com multas projetadas pela Justiça, logo ali adiante fatalmente voltaremos a atrasar salário. O que pedimos é compreensão”.
    # Se formos vítimas de uma invasão de escorpiões, chamem o Barcelos. Quando ele era Ouvidor do Governo Terra, criou uma campanha dando um quilo de feijão por cada escorpião apresentado morto. Pobre dos escorpiões. Foram dizimados.
    # Aldair Melchior queria exercer por três meses o mandato de vereador e depois, sim, assumir a Secretaria do Desenvolvimento Social. Vicini não aceitou. Empossou Ivete Correa em definitivo. Aldair queria apenas experimentar e conhecer a função legislativa.
    # Concurso na Câmara teve quase 3 mil inscritos. Quantos deles falaram mal da Câmara em algum momento?
    # Adair Philippsen assumiu a Prefeitura de Santo Cristo fazendo 250 quilômetros na curva.