• sexta-feira, 10 de maio de 2013 08:33

    Lideranças empresariais arriaram diante do Governo do Estado

    # Lideranças empresariais arriaram diante do Governo do Estado. Enviaram um ofício nesta semana pedindo humildemente uma audiência com o governador. No ofício é citado que serve até um representante.

    # Se fosse para enviar ofício pedindo uma nova audiência, que não fizessem aquele protesto na manhã do dia 24 de abril.

    # Jeferson e Bohn Gass, que nos últimos dias só não trouxeram para Santa Rosa o homem que inventou o asfalto, vencem uma queda de braço.

    # Douglas fez e Vicini desfez (a frustrada proibição do estacionamento na Avenida Expedicionário Weber). E Douglas fez e o Procon desfez (a exigência de o motorista pagar com dois cartões de 50 centavos o estacionamento de uma hora, que passa a custar um real.)

    # Osmar Terra palestra hoje pela manhã no Centro Cívico a convite do Governo Vicini. São os novos tempos.

    # Valdir Carpenedo, sobre o loteamento empacado entre as vilas Flores e Beatriz: "o empreendimento se tornou inviável pelas exigências da Prefeitura".

    # O Plano de Mobilidade Urbana, elaborado pelo Governo Orlando e que o Governo Vicini está reapresentando na cidade, prevê cerca de R$ 12 milhões só para ajeitar o trânsito na Expedicionário Weber. É uma utopia.

    # Não temos dinheiro nem para pintar faixas de segurança, vamos ter milhões para cumprir o Plano.

    # Nada, absolutamente nada, foi feito até agora para melhorar o trânsito de Santa Rosa pelos atuais governantes. E iniciaram o atual governo com uma intensa gritaria sobre o tema.

    # Se hoje a Expedicionário Weber é uma zona, imaginem quando o Zaffari abrir o supermercado que já está sendo construído numa das entradas da Vila Flores.

    # Não é um luxo de Santa Rosa a esculhambação que impera no trânsito nos horários de picos. O governo federal incentiva a compra de carros novos, mas não subsidia uma sinaleira às prefeituras.

    # Daqui alguns dias alguém do governo do Estado (duvido que Tarso Genro venha) estará na cidade para dar explicações sobre a inércia nas estradas. E ao lado de Jeferson Fernandes e Elvino Bohn Gass, nossos representantes junto ao Palácio Piratini.

    # Será uma explicação oficial. Os empresários irão para casa fazer de conta que o protesto valeu a pena. Jeferson e Bohn Gass venderão a sensação de que agiram imediatamente. E agiram. Só que depois do protesto. E todos viverão felizes para sempre.

    # O dia que o Muñoz, o Jairo Laks e o Rubi Artus me convidarem para fazer um protesto contra o Governo do Estado, para cobrar o que quer seja que os governantes tenham prometido, pensarei, meditarei e darei tempo (ao tempo ou para o Bohn Gass e o Jeferson).

    # Souto finalmente falou, quase um mês depois de sua saída da Fundação. "Pedi pra sair". Então, tá!

  • quinta-feira, 2 de maio de 2013 23:23

    Para alguns, Cláudio Souto foi derrubado por vereadores

    # Vicini disse que seu governo cochilou ao não divulgar que um diretor e um gerente da Fundação Municipal de Saúde haviam deixado os cargos.

    # Não foi um cochilo, foi um sono profundo que durou 15 dias. Não anunciaram a saída de Cláudio Souto porque era difícil de explicar.

    # Para alguns, Cláudio Souto foi derrubado por vereadores situacionistas reconhecidamente clientelistas.

    # Para Vicini, Souto pediu pra sair.

    # Aliás, muitos justificaram a saída de Souto da Fundação. Só o próprio Souto não veio à imprensa. Estranho. Não é hora de amolecer.

    # Esposa de Cláudio Souto é chefe da Sessão de Cultura da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, onde ocupa uma FG (função gratificada). Compensação?

    # Enquanto Souto não fala, são três as possibilidades que justificam sua saída: pediu pra sair, foi demitido ou foi derrubado.

    # Souto era diretor do Departamento de Gestão da Rede Complementar de Saúde. Márcio Pires era o gerente. Trocando em miúdos, é a área da Fundação que, entre outras coisas, controla o fluxo das filas (cirurgias eletivas, consultas especializadas, exames laboratoriais...).

    # Sobre a saída de Márcio Pires, Vicini justificou: "não tinha perfil à função".

    # O que é ‘não ter perfil’?

    # Vitor de Abreu, presidente do PSDB, sobre a saída de Márcio Pires: "mesmo sem perfil, com mais tempo ele se adaptaria à função".

    # Leitura do que disse o dirigente tucano: o Governo Municipal, movido por um conceito de preciosismo (ou por forças ocultas) definiu em três meses que Márcio Pires não tinha perfil.

    # De novo às pressas, Bohn Gass e Jeferson convidaram prefeitos da região na tarde de terça-feira, véspera de um feriado, para uma reunião ontem à tarde com o diretor geral do DAER.

    # Bohn Gass e Jeferson dão um subtratamento ao pleito por estradas reacendido na região.

    # O movimento empresarial que pede explicações e estradas à região ainda não mereceu nenhum telegrama da área oficial.

    # O diretor geral do DAER disse, com outras palavras, o que Caleb de Oliveira havia dito há 10 dias. E marcou uma reunião para daqui a 15 dias, para dizer o quê?

    # Existem os fura-filas no sistema de saúde? Existem. A questão é avaliarmos a força dos fura-filas.

    # Vicini disse que a venda do terreno em frente ao Parcão continua em pauta. "É um dever do gestor administrar bem os ativos do município", justificou. Não entendi.

    # Impressiona a convicção de Vicini em vender aquele terreno. Ele encadecou com isso.

    # Mesa Diretora da Câmara, comandada pela situação, ainda não deu bola ao pedido de Valdemar Fonseca para convocar uma audiência pública para discutir a venda de terrenos públicos.

    # Musicanto com novo formato. O formato original faliu. Sendo Musicanto, que venha a ideia defendida por Cláudio Joner.

    # E que os críticos do Musicanto tirem férias nos próximos 12 meses. Vamos vivenciar uma mudança que reafirme o Musicanto.

    # É forte, mas é isso. Se você se orgulha de tua mãe ter sido salva por um fura-fila, durma admitindo a possibilidade de a mãe de outro ter morrido por causa disso.

  • sexta-feira, 26 de abril de 2013 07:36

    Eventos enfrentam dificuldades para assegurar patrocínios

    # Eventos estão enfrentando grandes dificuldades para assegurar patrocínios. Nosso calendário precisa ser revisto. Ele já se mostra canibal.

    # Maria Inês Pedroso está sendo convidada, do tipo ‘tem que ser você’, para presidir a Cidade Interativa.

    # Cláudio Joner será o presidente do próximo Musicanto, se as especulações se confirmarem. Renato Falabretti declinou.

    # O secretário Caleb de Oliveira às presas recebeu os deputados Jeferson Fernandes e Elvino Bohn Gass que, às pressas, contaram a ele que a região preparava um protesto para pedir estradas. Os dois parlamentares, às pressas, forçaram uma audiência. Caleb, às pressas, marcou a audiência para segunda-feira passada, dois antes do protesto. Os dois deputados, às pressas, distribuíram convites na região.

    # A audiência forjada não foi prestigiada pelas lideranças empresariais, que viram logo tratar-se de uma tentativa de esvaziar o protesto.

    # Na audiência de segunda-feira, Caleb de Oliveira não disse nada que pudesse entusiasmar os prefeitos que foram. É o saldo da pressa.

    # O governo atual culpa governos anteriores por contratos mal feitos para a construção de estradas. Como se este governo já não estivesse ocupando o Piratini há quase dois anos e meio.

    # O problema é a palavra. O governador Tarso Genro e o secretário Beto Albuquerque empenharam suas palavras em Santa Rosa, no dia 30 de janeiro do ano passado, assegurando estradas.

    # As lideranças empresariais, além das estradas, também reivindicam explicações mais sérias do governo a respeito dos projetos parados no tempo.

    # Terra levou Vicini até Aldo Rebelo, que prometeu dinheiro para um ginásio poliesportivo. Isso tira a justificativa do Governo Municipal de vender dois terrenos no centro.

    # Finalmente vamos voltar a voar. Não importa que estejamos quebrando o galho da Brava, que não terá mais campo de pouso em Santo Ângelo, onde o aeroporto será reformado.

    # Orlando diz que não venderia o terreno em frente ao Parcão.

    # Fundação Municipal de Saúde exonerou dois cargos de confiança, mas não divulgou nada. Soa como se fosse algo que tem que ficar escondido.

    # Aliás, fontes informam que o Governo Vicini está promovendo uma ‘reforminha’. Cinco cabeças deverão rolar.

    # Bohn Gass com bola cheia na Câmara Federal. Faz parte da Comissão Mista do Orçamento, a mais importante de todas.

    # Temos opções a partir deste sábado na região: Três de Maio (ExpoFeira) e Santo Ângelo (Fenamilho).

    # E agora, Nasi? Vamos vender o quê?

  • sexta-feira, 19 de abril de 2013 11:53

    Região protesta

    # Região protesta na quarta-feira, dia 24, das 9h às 11h, no Trevo do Porco.

    # O Governo do Estado foi quem motivou o protesto, ao não dar explicação nenhuma sobre os projetos de estradas para a região.

    # Vicini foi à loucura quando soube, em Porto Alegre, que o Ministério Público Federal queria informações sobre a venda do terreno em frente ao Parcão. "E eu lá tenho idade para leiloar um terreno que não é da Prefeitura?", questionou.

    # A área em questão é de propriedade da Prefeitura. Um pedaço contíguo é da RFFSA, o que deve ter motivado o pedido de informação do procurador federal.

    # Vicini deixou transparecer que Carlos Nasi falou na hora errada sobre o leilão dos terrenos. Duvido!

    # Nasi não é ingênuo. A declaração até pode ser considerada extemporânea, depois de avaliada a repercussão.

    # Discutir se um terreno ou outro deve ser leiloado, é um dos aspectos do debate. Deveríamos estar discutindo a venda e também a destinação do valor arrecadado.

    # A conversa veio a público no estilo ‘sem querer querendo’.

    # O ginásio moderno para cinco mil pessoas não tem local e nem valor estimado.

    # Câmara e Governo Municipal têm uma missão complexa pela frente: a licitação dos espaços do Mercadão Público. É um assunto muito complicado.

    # Se os produtores rurais forem desestimulados a produzir, teremos construído um amplo Mercado Público para comerciantes de hortigranjeiros daqui e de fora. Nunca a idéia foi esta.

    # Professores em greve nacional. É um debate num patamar maior.

    # Que baita Expoagro! Parabéns para Santo Cristo.

    # Brigada Militar pegou pesado no estacionamento rotativo pago. Já pegou leve em ocasiões anteriores e sabemos o resultado: nenhum.

    # Clairto Martin é Patrono da 9ª Feira do Livro. É mais um simples de superação.

    # Vicini disse que apoia a audiência pública proposta por Valdemar Fonseca para discutir o leilão de terrenos. E por que não a convocou?

    # Cidade Interativa prepara eleição. Só?

    # Se os terrenos ‘não têm serventia social’ como diz o Nasi, o papo é outro. E se tiverem serventia?

    # Com a eleição de Paulo Schwertz em Tucunduva, PMDB lidera ranking de prefeituras na microrregião. Governa sete municípios. O PP tem seis.

    # Salve a Unijuí e sua hemisférica bondade. Deu-nos o Curso de Odontologia. E não desejou nada em troca. Apenas o nosso apoio ao Curso de Medicina em Ijuí.

    # Douglas Calixto garante que o próximo presidente do Musicanto será anunciado nas próximas hooooooooooooooooooooooooooooooooras.