• quinta-feira, 20 de junho de 2013 22:32

    Santa Rosa protestou através de 1,6 mil manifestantes

    # Santa Rosa protestou através de 1,6 mil manifestantes. Uma emoção que dificilmente será substituída na minha memória jornalística. Foi algo quase indescritível pela beleza do ato individual de cada protestante.

    # Vi a chuva caindo, a temperatura baixando, mas a energia na praça subindo de segundo a segundo.

    # Vi políticos vaiados.

    # Vi os jovens se dando conta do poder que possuem.

    # Não vi a Brigada agindo contra vândalos, porque eles estavam ausentes.

    # Vi idosos muito vivos de espírito, vivendo o momento ímpar que as ditaduras lhes negaram.

    # Vi olhos brilhando, cheios de vida, lutando por uma vida melhor.

    # Vi Santa Rosa apresentando seus grandes líderes do futuro, forjados no movimento estudantil.

    # Permitam-me: vi duas filhas de 17 anos protestando nas ruas, apoiadas pela mãe. Tudo ao natural, sem estímulo e nem reprimenda.

    # Tem novo protesto marcado para o dia 26 de julho, quarta-feira da próxima semana. Se não chover, as cenas poderão ser reproduzidas e vividas por quem se intimidou com a chuva.

    # Proposta de mais 25% de redução das passagens para estudantes veio pela força do roldão do protesto local. O próprio Governo Municipal admite.

    # Com pressão, o mesmo projeto pode chegar aos 100%. Depende da intensidade do bafo na nuca.

    # Se a Câmara tiver boa vontade, vota e aprova o projeto antes do recesso que começa no dia 16 de julho.

    # Descobri na quarta-feira que quanto menor for o número de líderes, mais organizado sai o protesto.

    # Todos os políticos locais que foram à Praça da Bandeira falaram, mas bem baixinho. No microfone (um megafone humilde, desbotado, sem pompa), nenhum político falou.

    # A desoneração às passagens de ônibus anunciadas pelo governo federal no dia 31 de maio, soma-se à desoneração da folha dos trabalhadores há mais tempo. Tudo pode ser transformado em redução da passagem em Santa Rosa.

  • sexta-feira, 14 de junho de 2013 08:23

    Guidolin conseguiu reunir no palco todas as tendências políticas que gravitam por aqui, num clima de convergência.

    # Palanque da Indumóveis foi pura descontração, colocando normas protocolares num segundo plano. Todos se sentiram à vontade.

    # Nilso Guidolin foi quem começou lascando essa: "minha mãe um dia me disse, quando fores falar, fale pouco para eles lembrarem de ti, se não eles lembrarão de mim."

    # Senadora Ana Amélia Lemos, numa referência direta a Guiolin: "fazia tempo que eu não ouvia um discurso verdadeiramente minissaia: curto e provocante".

    # Ana Amélia convidou Nilso Guidolin a concorrer a deputado estadual pelo PP no ano que vem. Ernani Polo reagiu: "senadora, esse cara sou eu".

    # Osmar Terra foi estimulado a fazer um discurso sucinto. E conseguiu, contrariando sua própria história de palanque.

    # As três palavras disparadamente mais pronunciadas durante a 4ª Indumóveis: espetacular, campeão e entendeste.

    # Guidolin conseguiu reunir no palco todas as tendências políticas que gravitam por aqui, num clima de convergência. O mérito é do gringo.

    # Jeferson Fernandes até concorda que Guidolin concorra a deputado, "mas que vá a federal".

    # Câmara aprovou três projetos de lei na segunda-feira. Dois foram de autoria de Valdemar Fonseca.

    # Sessão de segunda-feira foi acompanhada por cerca de 100 pessoas, a maioria estudantes do SEG (Sistema Educacional Galileu).

    # Perfumaria em queda na Câmara. Nenhuma moção de congratulações foi apresentada pelos vereadores na última sessão.

    # Os números da Brigada Militar mostram que a consciência tem origem no bolso: 174 multas aplicadas contra motoristas que não pagaram estacionamento na zona azul em abril contra apenas seis nos primeiros 10 dias de junho. Na Expedicionário Weber o número de acidentes caiu quase pela metade com as multas do radar móvel. E agora a Brigada se volta para as faixas de segurança.

    # PP reuniu 150 lideranças no almoço coletivo de posse de sexta-feira passada. Joel Faccin acaba de iniciar seu segundo mandato na presidência da sigla local.

    # Sanchotene Felice matou a pau no seminário do PSDB de sábado. E ainda conseguiu tempo para visitar os túmulos de Camilo Beltrame e Artur Schmidt no Cemitério de Cruzeiro. Uma atitude de carinho com dois líderes empresariais de Santa Rosa.

    # Vitor Abreu se mostrou encantado com Sanchotene.

    # Para quem não se viu e nem se falou durante semanas após as eleições do ano passado, Orlando Desconsi e Alcides Vicini eram só sorrisos durante a Indumóveis. O amor venceu!

    # Se vocês virem Fernando Borela e Jaime Carpenedo abraçados, apartem porque é briga.

    # Portal Transparência da Câmara está desatualizado desde 9 de abril, na área que contabiliza gastos com diárias. Transparência desatualizada?

  • quinta-feira, 6 de junho de 2013 20:46

    Especulações dão conta que três vereadores poderão deixar seus partidos

    # Proporcionalmente, Nilso Guidolin é o maior reflorestador que se viu por aqui. Distribuiu uma floresta de clones da árvore lunar.

    # É impressionante a vibração de Nilso Guidolin. Contagiante. É um líder natural, que alcança a mobilização.

    # Ana Amélia almoça hoje em Santa Rosa, no Círculo Operário. Preside um ato coletivo de posse dos presidentes do PP da microrregião.

    # Gilberto Dell Valle pode deixar o PT, Paulinho dos Santos o PPS e Osório dos Santos o PDT. São as três especulações nesse período que antecede a troca legal de partido, sem o risco de perder o mandato.

    # É ainda maior o leque de especulações, quando se discute as siglas que poderão abrigar os três vereadores.

    # Semana light por vivermos em clima de 4ª Indumóveis Internacional.

    # Terra, por exemplo, está na região cumprindo uma extensa agenda, mas sem nenhum item polêmico.

    # Região continua sem estradas. E sem explicações do Governo. E sem novos protestos.

    # Começou ontem o Cena Viva, com teatro pela manhã, à tarde e à noite no Centro Cívico. Peças de qualidade e de graça. Continua nesta sexta e se estende até o sábado.

    # Secretaria do Desenvolvimento Social discutiu nesta semana a possibilidade de criação de uma Central de Óbitos. É isso mesmo. Uma Central de Óbitos. Ela daria fluxo aos serviços funerários, do tipo ‘esse morto vai para essa funerária, o próximo corpo é da outra’. Teríamos já discutido tudo em Santa Rosa?

    # Segue o Festival de Moções de Congratulações na Câmara. É uma metralhadora, com menções para tudo que é lado.

    # Em qualquer dia desses, você será comunicado do recebimento de uma Moção de Congratulações na Câmara. Esperem. Será em breve.

    # A Indumóveis é muito mais popular do que muitos imaginam. Móveis de tudo que é preço e alternativas modernas para obras novas, de reformas ou de ampliações.

    # No sábado à tarde, uma disputa incomum ao nosso dia a dia: gincana da construção civil.

    # Ademir Squinzani foi reeleito na SER Cisne. Carimbado pela competência, está ajustando agora o clube a todas as exigências da lei de combate a incêndio.

    # Cuidado com as faixas de segurança. A Brigada vai multar a partir da semana que vem.

    # PSDB realiza amanhã seu seminário municipal. Vai dar gosto ouvir Sanchotene Felice.

  • sexta-feira, 31 de maio de 2013 14:04

    Vicini e Orlando voltaram a sorrir (juntos) em público.

    # Joel Faccin, ao ser questionando se ainda carrega alguma mágoa do PT por causa daquele famoso incidente com o advogado Tiaraju de Andrade: "tenho. Seria hipocrisia negar que não tenho, mas não é contra o PT, é o fato em si", respondeu.

    # Joel garantiu, no entanto, que este sentimento não será misturado na condução da presidência do PP.

    # Vicini e Orlando voltaram a sorrir (juntos) em público.

    # Conversa entre DAER e Valdir Carpenedo não existiu. Isso significa que as pendências dos asfaltos da região continuam.

    # Joel não teve concorrente na disputa pelo comando do PP.

    # Começa junho, o último mês do prazo concedido pelo PMDB ao Governo Vicini sem maiores questionamentos.

    # O PT de Tuparendi foi condenado a indenizar Itálico Cielo por danos morais com o pagamento de 10 salários mínimos. A ação tem origem em 2004, quando Cielo, na época apoiado pelos petistas, renunciou à candidatura a prefeito de Tuparendi. Num panfleto, o PT taxou Cielo de traidor. A decisão de primeira instância foi confirmada pelo Tribunal de Justiça nesta semana.

    # Está em Santa Rosa o jornalista Fernando Allegretti, diretor da Amapaz, empresa de marketing de Curitiba. Foi contratado pelo consórcio que realiza estudos técnicos da Barragem de Panambi, para fazer a ponta de ligação com a comunidade. Vem disposto a defender uma relação transparente.

    # Zelindo Cancian ‘matou a pau’ na transmissão de quarta-feira, direto da Assembleia Legislativa, no último ato comemorativo aos 50 anos do microfone da Rádio Noroeste.

    # Já não somos mais os mesmos. Perdemos mais uma disputa do Dia do Desafio.

    # Hospital Dom Bosco conquistou a preferência junto ao Conselho Municipal de Saúde para sediar a referência em serviços de hemodinâmica. Na votação, o Dom Bosco obteve 39 votos contra 17 atribuídos ao Hospital Vida & Saúde. Votação ocorreu nesta semana.

    # Quase a metade dos eleitores de Porto Mauá votaram na eleição à formação do novo Conselho Tutelar. É como se em Santa Rosa 26 mil eleitores participasse de um pleito semelhante. É um sonho.

    # No Dia do Desafio, 30% da população de Santa Rosa participou. Em Porto Mauá, o índice de participação foi de 47%. Que ciúmes!

    # Indumóveis é o principal assunto a partir de agora. A Feira começa na quinta-feira da próxima semana, no Parque. Vale a ressalva de que almoços e jantares serão servidos na Etnia Italiana.