• sábado, 3 de setembro de 2016 10:57

    Os eleitores estão diferentes neste pleito

    # O clima tende a ficar mais tenso. Afinal eleições municipais acontecem a cada quatro anos.
    # Iniciou a propaganda eleitoral e todas as pessoas já conhecem todos os candidatos. Não seria uma boa hora para uma pesquisa eleitoral?
    # Note nas idas e vindas da cidade que as pessoas não estão se envolvendo mais “tanto” na política. Dificilmente você verá em casas e carros bandeiras de alguém que não é candidato ou não tem cargo para defender. Os eleitores estão diferentes neste pleito.
    # Será que todos já definiram seu voto?
    # Em Tuparendi o clima está mais quente que nunca. Olha que qualquer lenha pode terminar em fogo para um churrasco. Carne não falta, e nem convidados.
    # Tuparendi, uma cidade pacata, calma....Tuparendi é uma cidade cheia de rivalidade política. Irmãos de coração são esquecidos neste período eleitoral. A verdade é que alguém vai vencer, e os únicos que podem decidir isso são os eleitores.
    # Isso vale para toda a região. O exercício da democracia é fundamental para construirmos uma cidade justa. Por isso, ouça, questione e não tenha vergonha de mudar seu voto. Ele deve ser embasado de propostas e não paixões.
    # E sobre a criação da Associação Amigos de Santa Rosa: nosso leitor José Adolfo Danda gostou muito da ideia e com certeza ajudará a encabeçar a proposta. Viu? Não precisamos que somente os políticos criem formas de ajudar a definir onde e como os recursos públicos (nosso dinheiro) serão investidos.
    # Já tem candidatos a vereador propondo a redução dos salários dos mesmos, se forem eleitos. Gesto nobre!
    # Ótimo momento para relembrar que existe um “abaixo assinado” pela população que exige a redução do salário dos parlamentares da Câmara de Santa Rosa.
    # Por falar em Câmara, alguém sabe sobre o processo do telefone? Se o envolvido fosse fã do Bruno e Marrone isso não teria acontecido, pois na música a ligação vai de um orelhão. Ligações urbanas são complicadas!
    # Já sei, a próxima proposta seria instalar um orelhão na frente da Câmara de Vereadores de Santa Rosa. Muita “dor de cabeça” seria evitada.
    # Sobe para sete o número de candidaturas impugnadas pela Justiça Eleitoral. Não brinquem com a Justiça e com o MP.
    # Cuidado com o que falam por aí, hoje, ontem e amanhã, os “comícios”, foram, estão e serão gravados. Será curiosidade dos opositores?
    # Estamos vivendo a Semana da Pátria. Tomara que ela sirva para refletirmos o que queremos para a nossa cidade. Pois se cada cidadão trabalhar para contribuir uma cidade melhor, teremos um Brasil mais humano.
    # Temos bandeira na Praça da Bandeira!
    # A semana foi marcada na história do Brasil. Golpe ou impeachment, isso não importa. O que vale é que nosso país precisa avançar e melhorar.
    # O sistema de telefonia celular está cada vez pior em Santa Rosa. A OAB, as entidades, o MP, e PROCOM, todos.. eu, tu, ele , nós, vós.....poderiamos fazer algo!
    # Agora sim, temos um ministro de Santa Rosa. Oficialmente.
    # Meee... nem sabia que nos rios de Santa Rosa ainda alguns peixes sobreviviam. Tanta poluição causada por empresas e também pela população.

     

     

  • segunda-feira, 29 de agosto de 2016 07:15

    É hora de pedir propostas.

    #Estamos vivendo um período eleitoral. Não estranhem quando forem abordados nas ruas por candidatos que pedem seu voto.
    #Campanha eleitoral, este é o momento de conversar e cobrar. É hora de pedir propostas.
    #Afinal, você sabe para que serve um vereador? Para que serve um prefeito?
    #E na lista da Justiça Eleitoral estão 13 nomes com pedido de impugnação. Entre eles uma candidatura a prefeito e duas coligações. Um candidato de Porto Mauá e outro de Tuparendi estão julgados. O restante dos processos está na mesa do juiz eleitoral.
    #O PR causou uma certa dor de cabeça ao juiz eleitoral, que terá que definir para que lado irá o partido. O Partido da República possui duas convenções. Uma delas apóia o PP e outra o PT.
    #Nelmo Vargas, atual presidente do PR de Santa Rosa, foi quem encabeçou a saída do partido do lado do candidato Alcides Vicini. Junto com seu grupo migrou para o lado de Orlando Desconsi. Nelmo só esqueceu de apresentar candidatos a vereador. Qual a força do PR se nem candidato possui?
    #Aguardem pois não são apenas processos eleitorais envolvendo políticos que estão rolando na Justiça. Hoje uma audiência pode definir o futuro de um deles.
    #A ACISAP deu um show de democracia e reuniu os candidatos a prefeito de Santa Rosa. A ideia das entidades é participar do Governo Municipal como um conselheiro.
    #Que tal a criação da Associação Amigos de Santa Rosa (AASR)? A entidade reuniria “liderança não políticas” para discutir ações e investimentos em setores públicos.
    #A AASR serviria como aliada do prefeito eleito, pontuando e levantando prioridades para serem seguidas. O prefeito não precisaria mais negociar com vereadores para que os projetos fossem aprovados, pois quem faria isso seria o Conselho.
    #Você sabia que alguns vereadores podem indicar “amigos (as)” para ocupar cargos públicos? Isso é a triste realidade em Santa Rosa. Muitos trabalham apenas para garantir o seu lucro em cada final do mês.
    #Alguns defensores do povo participam do Governo indiretamente. Uns indicam a mulher, filhos e até amizades íntimas.
    #Entre as pautas do Conselho poderiam entrar a redução dos salários dos vereadores, redução ainda mais das diárias.
    #Já notou que nenhum candidato defende a redução do salário dos vereadores?
    #Nas redes sociais o que mais se ouve são as músicas eleitorais. É fácil, só cantar três vezes o nome do candidato.
    #A tal moda da renovação vem pegando. Mas a renovação deve vir com propostas concretas.
    #A Empresa Jornalística Noroeste iniciou sua grande cobertura. Será palco dos principais debates com os candidatos. Anotem na agenda: Dia 27 de setembro será a vez dos candidatos de Tuparendi. Na quarta-feira, 28, estarão frente a frente Colla, Orlando e Vicini. Até lá, o clima deve esquentar.
    #Algumas pesquisas eleitorais circulam na mão de representantes de partidos, mas nenhuma oficial. Como diria o sucesso de uma novela: Publique-se!
    #Na verdade nem em Santa Rosa, muito menos em Tuparendi se sabe quem ganhará a eleição. Aqui e lá será voto a voto. Quem acha que está com a eleição ganha, pode cair do cavalo.
    #Em tempo: No debate da ACISAP o candidato a vice Luis (com S) Antonio Benvegnú chegou um pouco atrasado. Quase que um “cara” sentou em sua cadeira.

     

  • sábado, 20 de agosto de 2016 09:58

    Dada a largada

    # Dada a largada para uma campanha eleitoral na qual todos aprenderão um pouco. Ela será marcada por uma mudança brusca na Legislação.
    # Porém, o que é básico continua: os princípios éticos e a honestidade devem prevalecer. Caso contrário, a Justiça Eleitoral tem instrumentos de sobra pra mandar o candidato de volta pra casa.
    # Os canais da Noroeste apostarão mais na cobertura deste pleito, mas na expectativa de que os candidatos saibam fazer bom uso. Não vamos servir de palco de bate boca inócuo.
    # Rodrigo Colla disse publicamente que seria candidato a prefeito quando poucos acreditavam que ousaria tanto. Está aí, encabeçando chapa e honrando a palavra.
    # Nossos pêsames ao prefeito Alcides Vicini, que nesta semana perdeu seu irmão mais velho.
    # Orlando já dá sinais de que o marketing de sua campanha está pensando e agindo. Observem que na propaganda da contracapa só tem a estrela do partido e o nº 13. O PT quase não aparece.
    # Em clima de campanha, Vicini assinou a ordem de início das obras de conclusão do prolongamento da Avenida América, que prevê o asfaltamento de uma via.
    # Em clima de campanha, Terra articulou com o ministro das Cidades que o dinheiro que faltar para concluir a obra o Ministério banca.
    # Será uma grande obra de três pais, já que o projeto começou a ser executado por Orlando Desconsi, que asfaltou os primeiros 600 metros.
    # Precisamos inverter valores como eleitor na campanha eleitoral. É muito cômodo sentarmo-nos numa poltrona na sala da casa, ser abordado por candidatos nas ruas e não propormos nada para uma cidade que é nossa.
    # O eleitor deve propor, reivindicar, cobrar e sugerir, num tom que transfira entusiasmo ao candidato majoritário e proporcional a continuar com entusiasmo seu trabalho em busca do voto.
    # Campanha eleitoral começou oficialmente na terça-feira, dia 16. Foi dada a largada num ritmo lento.
    # Já há pedidos de impugnações (pelo que sei são três) de candidatos à vereança correndo na 42ª Zona Eleitoral.
    # Na previsão feita por Leila Piekala, Procuradora Geral do Município, até o final deste mês pode estar concluída a licitação do transporte coletivo urbano da cidade. Estamos a menos de 15 dias do desfecho, se novos recursos não forem gerados.
    # Sandra Padilha desempenhará um papel coad-juvante ou de protagonista na campanha do PCdoB?

     

  • sexta-feira, 5 de agosto de 2016 13:56

    Ministério Público Federal está fiscalizando os recursos distribuídos pelo Programa Bolsa Família

    # Em alguns setores, a semana foi sem muitas novidades, muitas maledicências e bombas para estourar.
    # A tal bomba estava mais para tiro no pé. A bomba não estourou... o tiro foi dado, mas falhou. Faltou embasamento.
    # Estamos em um período eleitoral, mais vale uma proposta bem feita do que uma fofoca mal feita.
    # Está mais do que na hora das pessoas saberem identificar o que é fofoca e o que é notícia.
    # Notícia: O Ministério Público Federal está fiscalizando os recursos distribuídos pelo Programa Bolsa Família em toda a região. Em Santa Rosa segundo o inquérito civil são 557 famílias beneficias com indícios de irregularidades. Na lista tem mortos, empresários “bem vivos” e ainda servidores públicos, inclusive da Prefeitura de Santa Rosa.
    # Se não bastasse, beneficiários do Bolsa Família fizeram doações para campanha eleitoral. São várias doações de R$ 15, R$ 30, R$ 45 e R$ 150.
    # Mas isso não é com o MPF. Denúncia deve ser feita no MP(eleitoral). Mais trabalho para o promotor Janor Duarte.
    # Convenhamos, o Ministério Público Estadual e Federal de Santa Rosa estão sendo essenciais para a comunidade. Fiscalização e trabalho são sinônimos da Procuradora Federal Letícia Carpeto Benrdt e do promotor Janor Duarte. Que tal títulos de “Cidadão Santa-rosense” para os dois?
    # Se um vereador escuta isso, não demora até segunda e a indicação estará na sessão. Por falar nisso, umas das principais atividades do legislativo local nos últimos três anos e meio foi homenagear e homenagear. Isso é um espírito comunitário!
    # E quando serão divulgadas as pesquisas eleitorais que estão sendo feitas? Nesta semana este humilde pássaro respondeu uma.
    # Orlando estava calmo e sereno. Ele continua visitando.
    # Olha que uma divulgação pode mudar tudo.
    # O que foi aquela da lascada de lenha? Alcides Vicini mostrou mais um pouco de sua força. Agora ele vai usar ela para fiscalizar o Programa Bolsa Família, que poderá trazer incômodos.
    # A lenha é que esquenta muita coisa, e convenhamos o relacionamento político só nesta semana deve ter gasto quase uma floresta. Pegou fogo e ainda vai esquentar mais.
    # Imagine o debate da Rádio Noroeste com os candidatos a prefeito. O confronto está marcado e será às 09h da quarta-feira, 28 de setembro.
    # O debate de Tuparendi será no dia 27. Claro, isso se nenhum candidato fugir do confronto de ideias!
    # Só umas lágrimas, iguais as que foram largadas há mais de uma semana em um determinado setor público, é capaz de acalmar o quadro.
    # Enquanto dois grupos brigam às escondidas, Rodrigo Colla circula pela cidade mais sorridente do que nunca. Qual o motivo?
    # A Fenasoja fechou os números. Quer dizer, com déficit, mas se compararmos os investimentos no Parque estamos com lucro.
    # Hoje é o último dia para que os partidos registrem suas convenções. O registro dos candidatos serão conhecidos no dia 15.
    # E na proxima segunda-feira a Cruz Vermelha deverá anunciar sua nova parceira no projeto de reabilitação.
    # Mais um quarto condenado. Cuidado, não queira ser o próximo.