• terça-feira, 3 de maio de 2016 10:01

    Festival Regional de Pratos Derivados de Soja

    Na tarde desta terça-feira (03/05), a partir das 14 horas, acontece a 2ª edição do Festival Regional de Pratos Derivados de Soja, no auditório do Centro Administrativo do Parque Alfredo Leandro Carlson, onde acontece até o próximo domingo (08/05) a 21ª Feira Nacional da Soja (Fenasoja), em Santa Rosa. O evento, que é uma promoção da Emater/RS-Ascar em parceria com a 21ªFenasoja, reunirá representantes de 40 municípios da região e poderão ser degustados 74 tipos de pratos diferentes, todos eles tendo a soja como um de seus ingredientes.

    De acordo com a presidente da Comissão da Soja e Derivados da 21ª Fenasoja e extensionista da Emater/RS-Ascar, Vanessa Gnoatto, o Festival busca estimular a criatividade das agricultoras e valorizar as receitas que fazem parte do cotidiano das famílias de produtores rurais. “Além dessa valorização dos pratos que são consumidos por quem vive no campo aqui na região, ainda estimulamos o consumo da soja, aproveitando sua versatilidade nos mais diversos preparos e contribuindo com o enriquecimento da dieta das famílias, devido às características nutritivas do grão e seus derivados”, comenta ela.

    Quem participar do Festival receberá, gratuitamente, um livro contendo todas as receitas que serão apresentadas, intitulado “Comida Boa Também se Faz com Soja”, que foi editado pela Emater/RS-Ascar e está sendo distribuído na Cozinha da Soja para os visitantes que acompanham as oficinas que seguem acontecendo no local todos os dias, até o final da feira. As agricultoras participantes e extensionistas envolvidos com o trabalho receberão também certificados, em reconhecimento ao esforço de cada um para que o Festival possa acontecer e contribuir com a cultura regional.

    O evento deverá contar também com a participação do prefeito de Santa Rosa, Alcides Vicini, do presidente da Emater/RS, Clair Kuhn, do presidente da 21ª Fenasoja, Gérson Lauermann, do presidente da Câmara de Vereadores, Osório Antunes dos Santos, do diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura, assim como dos gerentes regionais da Instituição, Flávio Joel Bas Fagonde e José Vanderlei Waschburger, entre outras autoridades.

  • segunda-feira, 2 de maio de 2016 17:11

    Crianças se divertem na elaboração de brigadeiro de soja

    A Cozinha da Soja, espaço organizado na 21ª Fenasoja, é uma das atrações que está recebendo visitantes de toda a região para participar de oficinas com elaboração de receitas à base de soja. O espaço é coordenado pela Emater/RS-Ascar e Coopermil, com apoio do Gabinete da Primeira Dama de Santa Rosa. Na tarde desta segunda-feira (02/05), 35 crianças do 4º e 5º ano da Escola Municipal Nossa Senhora da Glória, de Santa Rosa, participaram da oficina que ensinou o preparo de brigadeiro de soja.

     

    As crianças acompanharam a receita preparada pelas extensionistas da Emater/RS-Ascar e puderam ajudar na finalização do brigadeiro. “Esta é uma grande oportunidade para as crianças aprenderem e valorizarem os produtos da terra. É importante que elas vivenciem essa realidade e conheçam mais os produtos advindos do campo”, afirmou a professora, Luciana Pedrolo.

     

    A receita é elaborada com ingredientes tradicionais do brigadeiro, o diferencial é o leite condensado, preparado com soja. “Qualquer receita pode ser adaptada e preparada utilizando soja, é só saber as quantidades corretas para cada prato. Experimentamos a soja na receita de brigadeiro e ficou uma delícia. As crianças adoraram”, exclamou a extensionista social da Emater/RS-Ascar de Porto Mauá, Leni dos Santos Froelich.

     

    Cada criança ganhou um exemplar do livro “Comida Boa também se faz com Soja”, que conta com 74 receitas, doces e salgadas, à base de soja. A intenção é despertar o interessa das crianças e estimular o consumo de produtos derivados e preparados com soja.

     

    O sorriso das crianças confirmou o resultado saboroso da receita. “Eu gostei muito. Tem o mesmo gosto do brigadeiro que como em casa”, comentou Cauã Bentz, de 10 anos. Com o livro em mãos, a ideia das crianças é fazer em casa as deliciosas receitas com soja.

  • segunda-feira, 2 de maio de 2016 09:29

    Oficinas de pratos derivados de soja

    Os visitantes da 21ª Feira Nacional da Soja (Fenasoja) tem a oportunidade de participar diariamente de oficinas culinárias de derivados de soja, oferecidas gratuitamente na Cozinha da Soja, junto ao Parque Municipal de Exposições de Santa Rosa. As oficinas contam com a parceria da Emater/RS-Ascar, Coopermil e Gabinete da Primeira Dama de Santa Rosa.

    No primeiro dia de feira (29/04), merendeiras acompanharam a elaboração de receitas e neste sábado (30/04), o Grupo de Escoteiros Terra Vermelha conduziu e participou da oficina de pratos derivados de soja.

    Neste domingo (01º/05), quem for até a Cozinha da Soja poderá acompanhar às 10h, às 14h e às 16h, a elaboração de um bolo de farofa com mousse de limão.

    Já na segunda-feira (02/05), participantes de diferentes pontos da região devem acompanhar o passo-a-passo do extrato e resíduo de soja e a elaboração de um pão doce com frutas, que inclui estes ingredientes. Às 14h, escolares são convidados a participar da demonstração da receita de brigadeiro de soja.

    O passo a passo da elaboração do extrato e do resíduo de soja para uso na alimentação humana também será demonstrado na terça-feira (03/05), às 11h e às 16h. Estes ingredientes serão aproveitados em uma torta de legumes.

    Na quarta-feira (04/05), um bolo com derivados de soja será elaborado às 11h. Pela, tarde, às 14h, os participantes poderão conhecer e se deliciar com o picolé de soja.

    Na quinta-feira (05/05) não haverá oficinas, no entanto, o público será recepcionado às 17h para o compartilhamento do bolo oficial dos 50 anos da Fenasoja.

    As oficinas seguem na sexta-feira (06/05), às 11h e às 15h, com elaboração de bolo de forminha com soja e laranja.

    No sábado (07/05), os visitantes acompanham a receita de bolo de agrião com soja, às 10h, 14h e 16h. Tofu e barquetes terão suas receitas apresentadas no domingo (08/05), às 10h e às 14h.

    A coordenadora da Cozinha da Soja, extensionista da Emater/RS-Ascar Cleidi Diel, reitera que a Cozinha tem o propósito de “divulgar o aproveitamento da soja da alimentação humana, de forma simples e prática, em receitas que já fazem parte do cotidiano das famílias e, assim, aproveitar-se de seus benefícios para a saúde e configurar um novo sabor ao cardápio”.

    Além das oficinas de pratos derivados de soja, diariamente, também de forma gratuita, às 18h e 20h, o Sistema Senar/Farsul oferece oficinas de derivados de leite.

  • sexta-feira, 29 de abril de 2016 13:31

    Uma ExpoRural dinâmica

    O engenheiro agrônomo Roberto Adriano Racho é presidente da Comissão da Exporural da 21° Fenasoja e trabalha de forma unida buscando trazer informação e conhecimento nas áreas de máquinas, tecnologias e serviços. O diferencial desta edição será a interatividade com produtores rurais, quando serão aplicadas dinâmicas de máquinas, onde técnicos, produtores e operadores poderão aprender e renovar conhecimentos sobre as atividades de plantio, pulverização e colheita, fazendo assim com que erros e perdas nas lavouras sejam minimizados e produções otimizadas. No espaço, que teve nesta edição um acesso asfáltico para facilitar a visita, empresas parceiras terão a oportunidade de demonstrar suas novas inovações nestes segmentos. Na programação estão palestras sobre irrigação, Cadastro Ambiental Rural, produção de flores, minicurso sobre hidroponia, onde as pessoas que tem o interesse em realizar seu próprio cultivo de hortaliças poderão aprender a como fazer pequenos sistemas de hidroponia em sua residência e produzir seu próprio alimento saudável.
    O grande evento desta edição será o Encerramento Nacional da Colheita da Soja, com a presença de autoridades e políticos de âmbito municipal, estadual e nacional. Será realizado na área lateral à Exporural. “Na Exporural a comunidade terá a oportunidade de ver as últimas inovações no setor de tecnologia (Biotecnologias) nos melhores cultivares de milho, soja e trigo, bem como um belíssimo espaço para a agricultura familiar organizado pela Emater”, afirmou Racho.