quinta-feira, 5 de outubro de 2017 15:48

TRE julga processo contra Miro no dia 10

O TRE confirmou para a tarde da terça-feira, 10 de outubro o julgamento do recurso da Representação Eleitoral contra o então vereador Miro Jesse-PPS. A sessão terá espaço para a defesa apresentar sua argumentação.

A Procuradoria emitiu parecer requisitando o desprovimento do recurso e que se mantenha a condenação dada em primeira instância. O juiz eleitoral da 42º Zona Eleitoral de Santa Rosa, Adalberto Hommerding, julgou procedente a Representação Eleitoral movida contra o vereador Miro Jesse-PPS por captação ilícita de sufrágio, (compra de votos) e cassou seu diploma de vereador.

A ação se deu baseada em interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça Eleitoral, que detectou provas de irregularidades. O processo foi movido pelo promotor Janor Duarte no dia 18 de dezembro do ano passado, após a promotora Cristiane Mello De Bona assumiu o processo.Miro ainda responde na esfera criminal pela mesma denúncia.

O vereador Miro obteve 2.768 votos, sendo o mais votado em Santa Rosa em 201

Faça seu comentário