• sexta-feira, 10 de abril de 2015 08:37

    UCAM: Um dos braços fortes da assistência

    A Unidade Central de Atendimento Municipal (UCAM) faz parte da Secretaria de Desenvolvimento Social. A estrutura física é formada por três prédios.

    Um deles abriga a Casa Lar, onde vivem temporariamente adolescentes entre 12 a 14 anos, através de medidas protetivas, garantindo atendimento às necessidades básicas. O local tem capacidade para acolher até dez adolescentes.

    No segundo prédio acontecem as oficinas de marcenaria, ministradas pelo instrutor Luciano Moacir Klein. Ele destaca que os alunos recebem orientações de segurança no manuseio de máquinas de corte. “Aqui é o local onde eles aprendem a perder o medo da máquina” conta. O casal de aposentados Otilia e Silvino Hermanns frequentam o curso de marcenaria e buscam o conhecimento diário. “Nós estávamos estressados em casa, aqui aprendemos mais uma profissão”, conta Otilia Hermanns. Móveis, armários e outros objetos fazem parte da lista de trabalhos realizados pelo casal. “Tem que aprender cada vez mais”, destaca Silvino Hermanns.

    Ainda no segundo prédio são desenvolvidas oficinas de corte e costura. A estrutura oferecida para as usuárias é formada por máquinas de costura profissionais. A instrutora do CRAS, Mariana Parise, ensina a arte de costurar há 26 anos. “Iniciei meus trabalhos nos antigos CEBENS, logo se criaram os CRAS, onde estou até hoje”, conta. Neusa Soares, uma das participantes, destaca que não tinha máquina em casa e não sabia costurar: “agora o meu maior desejo, que é o de costurar, está sendo realizado”.

    No terceiro prédio, separado por grades, funciona o Albergue Municipal. No local os andarilhos podem dormir, lavar roupas, tomar banho e comer. Eles também possuem atendimento psicológico.

    De acordo com a Marisa Machado, a unidade realiza distribuição de pães, que mensalmente chega distribuir 13 mil unidades a entidades de Santa Rosa. “Aproximadamente três mil pães são distribuídos semanalmente às entidades”, conta.

    A diretora de Desenvolvimento Social, Deolmira Girardi afirma que a estrutura é complexa. “ Temos onze instrutoras que atendem os dois CRAS e realizam a parte linda desse trabalho, que é formar pessoas com novas profissões” conta.

    A coordenadora de materiais da UCAM, Soeli Keller destaca que o estoque de materiais distribuídos para os CRAS desenvolverem oficinas somam atualmente R$ 200 mil. “Este valor é formado de linhas, agulhas, tecido entre outros materiais que servem de suporte para a realização das oficinas”, conta.

     

     

  • quarta-feira, 8 de abril de 2015 13:06

    Jantar Bingo Beneficente do CASF

    Solidariedade

    O significado teórico é o seguinte:

    So.li.da.rie.da.de

    sf (solidário+e+dade)
    1 Qualidade de solidário.
    2 Estado ou condição de duas ou mais pessoas que repartem entre si igualmente as responsabilidades de uma ação, empresa ou de um negócio, respondendo todas por uma e cada uma por todas.
    3 Mutualidade de interesses e deveres.
    4 Laço ou ligação mútua entre duas ou muitas coisas dependentes umas das outras.

    Já o significado prático é fazer o bem!

    Vamos ajudar!

    Se uma boa palavra tem um eco infindável, imagina o eco de uma boa ação.

    Participe e faça uma boa ação!!! Ajudar faz bem ao coração.

    Data: 10/04/2015
    Horário: 20 horas
    Local: Circulo Operário - Centro
    Cardápio: galeto, massas e saladas
    Valor por pessoa: R$ 15,00 ( quinze reais)

  • terça-feira, 7 de abril de 2015 11:02

    O Que a Morte Realmente Significa?

    A palavra morte desperta o medo em nossos corações. A morte tão incompreensível quanto inevitável. Nem ao menos conseguimos falar a respeito, além da palavra em si e se permitir contemplar suas verdadeiras implicações. Esta é uma reação compreensível, pois o desconhecido gera medo. A contradição em dizer que a única coisa certa da vida é a morte, machuca nossos sentimentos, em acredita que tudo é pra sempre.

    As histórias contadas pela pessoa que já não esta entre nós, intercala com o abraço que não foi dado antes de sua partida. Pensamentos, lembranças, lágrimas...

    Seria esse o momento de nos perguntarmos: o que acontece após a morte, se é que acontece? O que a morte realmente significa? Como aqueles que sobrevivem aos entes queridos devem reagir?

    Na tarde desta segunda-feira, 06, foi um dia de despedida. Melhor dizendo, foi um dia de “Até logo”. Cerca de 50 cavalarianos seguiram o cortejo, até o Cemitério Municipal, que saiu do Crematório Dom José, onde ocorreu a celebração de corpo presente do médico veterinário e sua mãe, que morreram após o acidente ocorrido na manhã do domingo, 05. De acordo com Adilson Kessler, amigo de Rodrigo, ele era uma pessoa muito querida e competente em sua profissão. “Isso não devia ter acontecido, sem explicação”, conta.O sepultamento ocorreu às 16h50.

    Confira o registro desta despedida que emocionou Santa Rosa:

  • quinta-feira, 2 de abril de 2015 15:49

    Brique na Praça Especial de Páscoa

    Neste Domingo de Páscoa, o Brique da Praça proporciona a você e sua família:

    Produtos Orgânicos Certificados e da Agricultura Familiar - todo primeiro Domingo de cada mês

    Lançamento do livro “Miró Estrela - Operação Cuidado”, da escritora Maria Inez Pedroso

    Exposição das ilustrações do livro e outras obras de autoria da artista plástica Mary Ana Nagel

    O Brique da Praça acontece nas manhãs de Domingo, das 9h ao meio-dia. (Exceto em Domingos chuvosos).

    Traga sua cadeira, seu chimarrão e venha compartilhar de uma manhã agradável na Praça da Bandeira!