sexta-feira, 26 de maio de 2017 08:51

Musicalidades

Se dependesse somente dos eleitores de Santa Rosa, em 2014 o Aécio Neves teria se tornado presidente do Brasil. Na cidade, mais de 23 mil pessoas votaram nele. Hoje, esses eleitores se perguntam como foi possível votar no cara. Aonde estavam com a cabeça?

Política tem disso. Não há santos ou heróis, ao contrário do que os ingênuos imaginam. E descobrir a verdade sobre a vida de Aécio Neves (a vida oculta, inconfessável, que veio a público na semana passada) foi um soco no estômago de muita gente.

Felizmente, o resultado geral daquela eleição nos livrou dele. Evitou-se uma tragédia em escala nacional. Fica a lição.

***

O fim da bela história do Colégio Liminha deixou um sentimento de tristeza em muita gente. Gerações inteiras frequentaram o colégio ou conviveram com ele. É visível, nestas pessoas, o pesar e o luto, como se tivessem perdido um ente querido. Afinal, são 74 anos de educação...

Pois o Liminha decidiu encerrar suas atividades em Santa Rosa por diversas razões. A principal delas, penso eu, é a reestruturação da entidade mantenedora, que congrega as irmãs franciscanas. Mas também há questões de economia e concorrência no mercado da educação, cujo peso não pode ser desconsiderado.

As irmãs ficarão na história da cidade como uma lembrança afetuosa.

***

Em matéria de música, os santa-rosenses não ficam parados. Agora mesmo temos novidades para todos os gostos. Veja só.

O Zelindo Cancian, que também é músico, resolveu reunir em CD algumas músicas de sua preferência, trazendo à tona seu lado cantor e homenageando Teixeirinha, Santino Ferreira e outros. São músicas românticas, tipo dor de cotovelo. Mas não se preocupe. Não há nada que nos faça cortar os pulsos...

O Albino Medeiros, mestre incontestável na gaita, tem uma longa história na música da região. Pois ele acaba de lançar seu 11º CD, “Na garupa do tempo”. Mais uma vez, o disco está repleto de músicas regionais, ou seja, vaneiras, valsas e chamamés. Para os apreciadores da música regionalista, é um prato cheio.

Enquanto isso, os santa-rosenses do grupo “Bife de Búfalo” também estão com novidade no mercado, para alegria dos apreciadores de suas músicas hilariantes. É diversão pura, sob o comando do Fernando Keiber e do Émerson Maicá.

Aliás, os caras estão devendo um show em Santa Rosa (vivem hoje em Porto Alegre), já que há muitos amigos e fãs do grupo por aqui.

É o quarto disco, sempre com a mesma verve humorística.

Como são antenados com as novas tecnologias, as músicas estão disponíveis no Spotify, Amazon, Deezer, Google Play e outras plataformas. Para ouvir e dar boas risadas.

Faça seu comentário

Comentários
  • joão manoel rodrigues velasques segunda-feira, 5 de junho de 2017 17:51

    É uma lástima a notícia sobre o Liminha. Lá foi o meu casamento, a trinta e oito anos. As festas juninas, o time de volei. "Se não podemos mudar o presente, ninguém pode nos furtar as lembranças do passado".