• segunda-feira, 18 de junho de 2018 11:28

    Chocolate quente!

    Que tal aquele super chocolate quente para aquecer nos dias de inverno?

    Então preparei uma receita deliciosa e rapidinha, confere aí os ingredientes para duas porções:

    2 canecas de leite

    2 colheres de sopa de amido de milho

    3 colheres de chococale em pó 50% cacau

    leite condensado o quanto basta para adoçar

    1/2 caixa de creme de leite

    1 caixa de chantily para bater

    chocolate ao leite picado

     

    Modo de preparo

    Coloque em uma panela o leite, o chocolate em pó e o amido de milho, mexa bem até misturar tudo e leve ao fogo médio mexendo, quando levantar fervura acrescente o leite condensado e continue mexendo por mais 2 minutos e acrescente 1/2 caixa de creme de leite. Quando estiver bem misturado e cremoso desligue.

    Para o Chantily coloque na batedeira 1 caixa de creme de chantily e bata até fazer ondas na batedeira, ou seja com consistência de chantily.

    Agora é colocar o chocolate quente na caneca, acrescentar alguns pedacinhos de chocolate picado, decorar com chantily, canela e raspas de chocolate!

    Pronto é só se deliciar e ficar aquecido!

  • quarta-feira, 30 de maio de 2018 11:54

    Pão de queijo com Tapioca

    Que tal um pão de queijo com tapioca?

    Com um bom café... humm.... delícia!

    Receita super fácil de preparar, além de ficar delicioso foi super aprovada.

    Ingredientes:

     

    1 ½ xícara (chá) de leite
    4 colher de azeite de oliva ou de girassol
    sal a gosto
    3/4 xícara (chá) de tapioca granulada
    1 ovo
    100 gr queijo parmesão ralado/ o provolone fica muito saboroso
    5 colheres de polvilho doce
    Queijo parmesão ralado para enrolar

    Modo de preparo:

    Ferver o leite com o sal e o azeite. Em uma tigela coloque a tapioca granulada e acrescente o leite após ferver, mexer bem até misturar e esperar amornar, mexendo de vez enquando.

    Quando a massa já estiver morninha, que virará uma espécie de goma, acrescente o ovo e o queijo e o polvilho, misturando bem.

    Com as mãos, pegue pequenas porções de massa, faça bolinhas e envolva com o queijo ralado (não passei no queijo, assei direto).

    Coloque as bolinhas numa assadeira untada com manteiga e leve ao forno médio pré-aquecido a 180ºC por +/- 30 minutos ou até dourar. Retire do forno e sirva em seguida.

  • quinta-feira, 26 de abril de 2018 08:30

    Coloração

    Coloração

    Os dois tipos de coloração mais populares:

    Em todo encontro de mulheres é impossível não falarem de, ou, sobre cabelos, hoje então vamos dar mais assunto para estas rodas de conversas que são tão prazerosas. Vamos falar sobre coloração dos cabelos, permanente, semipermanentes e seus resultados bons e maus nos fios de cabelos.

    A coloração permanente possui a amônia, que tem como função abrir a cutícula do fio para penetrar os pigmentos da nova cor no cabelo. Como o próprio nome já diz, o produto tem ação duradora, sendo necessário o retoque de raiz conforme o crescimento capilar de 15 a 20 dias. A química agride os fios, mas nada que um produto profissional e trabalho de hidratação, reconstrução e nutrição capilar não resolva para devolver a saúde e brilho das madeixas.

    Esse tipo de coloração tem poder de clareamento, ou seja, é ideal para mulheres que querem uma mudança radical nos fios.

    Mas existem regras: a coloração permanente clareia até três tons. Por exemplo: se o seu cabelo é um castanho escuro (4.0), o máximo que você vai conseguir alcançar é um loiro médio (7.0). Vale lembrar que o produto também cobre cerca de 100% dos cabelos brancos.

    É importante também ressaltar que coloração não clareia coloração. O clareamento de cabelos já quimicamente coloridos deve ser feito com pó descolorante e peróxido de hidrogênio (%), nossa popular ox, observando a volumagem da mesma.

    Portanto se você já tem alguma cor nos fios e pretende mudá-la, será necessário o processo de decapagem. A técnica consiste em fazer a limpeza da cor para que uma outra nuance seja aplicada.

    O tonalizante não tem poder de clareamento, por isso essa não é a melhor escolha para mulheres de cabelos escuros que pretendem ficar loiras. A coloração sem amônia tem ação superficial, formando uma camada de pigmento em volta do fio, portanto, não agride as madeixas, mas sua duração -dependendo do fabricante - é de apenas 30 lavagens.

    Para as donas de fios mais claros que pretendem escurecê-los, a coloração sem amônia é uma forma prática e rápida de obter o resultado com a vantagem de não danificar os cabelos. O tonalizante também proporciona um banho de brilho incrível, deixando as madeixas com aquele efeito espelhado que a gente tanto gosta.

    Quem já sofre com os fios brancos, saiba que o tonalizante cobre até 50% dos cabelos na cor. Se você já tem mais do que isso, deve optar pela coloração permanente.

    Lembre-se sempre de ter a opinião de um profissional da área antes de fazer alguma alteração, nos cabelos. Receita caseira só dá certo para bolos.

    Jeferson Scherer - Cabeleireiro, Maquiador, Docente dos cursos de beleza do SENAC, Santa Rosa e da Graduação em Estética e Cosmética da UNIJUI, Ijuí. Graduado em Estética e Imagem Pessoal, Pós Graduado em D

  • terça-feira, 13 de março de 2018 10:15

    Saiba mais sobre os derivados do petróleo em cosméticos

    Saiba mais sobre os derivados do petróleo em cosméticos.

    Vamos começar falando da Paraffinum Liquidum (Parafina Líquida), Petrolatum (Petrolato), Oil Mineral ou Mineral Oil (Óleo Mineral), vaselina e óleo de parafina.

    Estes são derivados do petróleo que as indústrias utilizam por terem valor mais acessível e pela capacidade de emoliência instantânea. Eles vêm nos condicionadores, máscaras de tratamentos, leaveins, produtos de banho, produtos para pele, produtos para barbear, bronzeadores, aceleradores de bronzeado entre outros cosméticos.

    Por que estes componentes fazem mal para os fios de cabelos?

    Porque eles não possuem poder de hidratação, muito menos nutritivo.

    O que eles dão é um efeito “máscara” apresentando falsa maciez e suavidade, seu efeito é curto e dura somente até a próxima lavagem e o que é pior, o cabelo continua como estava antes de ser usado os produtos.

    O óleo mineral é muito apontado como nutritivo, porém não é.

    Fique atenta aos rótulos, leia a composição dos cosméticos que você utiliza e opte sempre por óleos vegetais.

    O efeito de hidratação, nutrição é instantâneo, porém a médio e longo prazo eles se fixam nos fios e couro cabeludo, causando acúmulo, podendo causar entupimento dos folículos pilos, prejudicando assim o crescimento dos fios e contribuindo para a queda dos mesmos, além de causar uma película em torno do fio que não deixará água, vitaminas e nutrientes essenciais para a saúde dos fios penetrar nos mesmo, tornando-os fracos e quebradiços.

    E isto é usado pelas empresas de cosméticos dizendo que cria um filme protetor, contra os agentes externos.

    O ideal portando em tempos onde são usados óleos disso e daquilo é ver se os mesmos são vegetais e não minerais. Isso não quer dizer que você deva colocar os teu produtos fora, não, pois o dia que quiser um efeito mais rápido você pode usar os mesmos.

    Produtos como óleos vegetais podem ser mais caros porém o custo benefício é muito maior.

    Lembrando que sempre deve ter o auxílio de um bom profissional da áreada beleza.

    Cuide-se.

    Jeferson Scherer - Cabeleireiro / Maquiador / Esteticista - Graduado em Estética e Imagem Pessoal / Pós Graduado em Docência.