HomeAgricultura terça-feira, 10 de outubro de 2017 07:54

Atividade Leiteira é tema de dia de campo em Tuparendi

objetivo do evento consistiu em mostrar a viabilidade da atividade leiteira em pequenas propriedades.

Agricultores de Tuparendi, envolvidos na cadeia produtiva do leite, tiveram a oportunidade de participar na quarta-feira, 04, de dia de campo na propriedade de Gladilmar Gaelzer e Clair Villanova, em Lajeado Miguel, assistida por meio do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo e executado pela Emater. O objetivo do evento consistiu em mostrar a viabilidade da atividade leiteira em pequenas propriedades. A coordenação do dia de campo foi da Emater/Ascar local que contou com a parceria da Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Cooperativa Mista São Luiz, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Cooperativa Mista Tucunduva (Comtul) e Sicredi.

Os participantes acompanharam três estações. A primeira delas abordou o tema cuidados na ordenha, com demonstrações na sala de ordenha da propriedade, que é simples, de baixo custo e muito funcional. Foram tratados ainda temas como importância da água quente e outras práticas para redução da contagem de células somáticas(CCS) e contagem bacteriana, índices que tem critérios exigidos pelas empresas compradoras de leite.

A segunda estação mostrou os dados da propriedade, que hoje conta com oito hectares de área útil e um plantel de 16 vacas em lactação, com produção diária de 312 litros. Falou-se também da importância de realizar a gestão nas propriedades, e ainda da grande diversidade com a produção de auto-consumo, presente em praticamente todas as propriedades rurais e que representa uma renda significativa às famílias. A terceira estação abordou a nutrição animal, manejo de pastagens, complementação da alimentação através de rações, qualidade da água e bem estar animal. “Temos que buscar solução aumentando a produção para alavancar os negócios. Com essa intenção uma das metas do Dia de Campo foi promover a discussão, a troca de experiência entre os diversos níveis de produtores de leite. A prioridade foi convidar famílias que produzam até 200 litros de leite ao dia”, destaca a engenheira agrônoma da Emater/RS-Ascar, de Tuparendi, Débora Schallemberger de Souza, que conduziu o dia de campo com os demais extensionistas da equipe municipal, Albino Motter, Cecília Bernardi e Patrícia Diel Wiethölter.

Entre produtores e técnicos mais de 50 pessoas se fizeram presentes. Como avaliação pós- evento constatou-se que os produtores ficaram satisfeitos com o evento, assim como a família que sediou, que pôde mostrar seus bons resultados.

 

Faça seu comentário