HomeArtigos sábado, 4 de outubro de 2014 13:49

Toque de Palavras

Para que as mulheres se toquem com amor.

É primavera... As flores encontram seu espaço diante do sol e enfeitam os jardins e as nossas casas. A proximidade do verão desperta ainda mais a vontade de cuidar do corpo e as academias ficam lotadas. Quem tem filhos está acompanhando as notas da escola e talvez a preocupação com o resultado final esteja ocupando os pensamentos dos pais. A gestão dos negócios está exigindo habilidades extras. Passamos de uma época em que se buscava a padronização para garantir a qualidade total, para uma época em que é preciso entender de gente, para garantir a satisfação de todos os agentes do processo. O final do ano chegando e muitas pessoas estão querendo uns dias de férias porque o stress traz sensações que não contribuem para que os dias sejam agradáveis, aliás... Os dias podem estar bem difíceis... Estamos sendo convocados, literalmente “convocados a votar”, para melhorar o nosso país. Ou seja... As demandas são muitas e o senso de responsabilidade já não é mais apenas obrigação do provedor na manutenção das necessidades da família e da genitora na organização do lar. Todos tem um papel importante e interdisciplinar na sociedade e no planeta. Sendo assim, como estar preparado para tantas exigências?

Este mês foi escolhido para uma contribuição importante para a manutenção do bem maior, a vida. E a mulher ganhou a dádiva de dar à luz e o amor como seu mais forte recurso de orientação pelo exemplo. Hoje, ser mulher é ser dona de casa e profissional simultaneamente, conciliando o tempo, desenvolvendo competências e habilidades de relacionamento e superação de desafios para fazer parte desta era de novos modelos de vida. E a presença delas não fica restrita à casa e ao trabalho formal... Elas participam de obras sociais, estudam, pesquisam e compartilham conhecimentos e experiências em diversos contextos. Então... Como estar bem para atender a tantos chamados?

Então eu decido tocar com palavras e com meu exemplo de vida, para que as mulheres se toquem nas mamas... Uau! É só isto Elis? É tudo isto! Um gesto simples que você faz para si e mais o acompanhamento médico, podem garantir que você continue a sua caminhada de realizações, superando as pedras do seu caminho, sem precisar passar por um diagnóstico de CA de Mamas para acordar e perceber o que tem valor real na vida.

Quando eu acordei para os sintomas o tumor já tinha 6 cm. Eu desejo realmente que na sua vida, existam muitos 6 centímetros... de renda linda na camisola, de espessura de um livro incrível, de vinho tinto numa tulipa de cristal, de diâmetro da sua flor preferida, do estojo de pó da sua maquiagem, a mais na régua desenhada na parede que marca a altura do seu filho ou na linha azul ascendente que mostra as metas sendo atingidas na sua empresa.

Existem milhares de formas de você experimentar coisas boas na vida, a partir da autoresponsabilidade com a sua própria saúde neste instante. A vida acontece enquanto nos distraímos com coisas menos importantes do que os nossos valores. Para isto é preciso focar e agir por você e por aquilo que tem significado real. O que você vai fazer então?

Meu toque com palavras é também para tocar corações e ajudar a decidir por uma vida diferente! Sou grata por você estar lendo este artigo. E se for um homem... Abrace as mulheres da sua vida e diga com amor: Chegou o Outubro Rosa! Tudo bem com você? Está se cuidando e se tocando? Se você for uma mulher... Abrace as mulheres da sua vida e diga com amor: Chegou o Outubro Rosa! Tudo bem com você? Está se cuidando e se tocando? Vamos continuar tocando nossas mamas, para que nossas mãos também possam continuar tocando e abraçando tudo que o que é especial em nossas vidas.

É no peito que o amor se aloja e dele que se expande para o mundo. Toque-se com amor!

 

 

Fonte: Elis Busanello - Coach Pessoal e Profissional - Palestrante Motivacional

elisbusanello@gmail.com | www.elisbusanello.com.br |(47) 9633 1857

 

Faça seu comentário