HomeArtigos segunda-feira, 22 de setembro de 2014 07:38

Usem o fio dental, pessoal!

Artigo de Andrea Turra Sala.

Muitas vezes me pergunto se as pessoas lêem mesmo as páginas de saúde dos jornais, ou se elas só recorrem à elas quando precisam do número do telefone daquele médico, dentista ou fisioterapeuta necessário da hora do aperto.

Espero que tratando de saúde bucal de uma maneira leve e divertida, eu consiga leitores fiéis para essa parte do jornal. Aos que realmente tiram proveito dessas linhas, fica aqui uma dica para a vida: usem fio dental, pessoal!

Vocês não fazem ideia dos benefícios que o fio dental pode trazem em suas vidas. E eu não me refiro àquele tipo de biquíni ou calcinha que tem a parte de trás menor e deixa à mostra o derrière feminino (aliás, a história da calcinha fio dental é bem interessante, e tem a ver com a falta de matéria prima desta parte do vestuário... mas isso é assunto para outro dia).

O fio dental em questão é o tradicional, que foi inventado em 1815, por um colega dentista lá de New Orleans, o Levi Spear Parmly. Ele fabricava o seu fio dental com seda, e recomendava o uso aos pacientes para remover os restos alimentares e a placa bacteriana que se deposita entre os dentes. Sim, pois por melhor que escovemos os nossos dentes, a escova dental não consegue limpar totalmente todos os lados dos dentes. E não, pessoal, o palito não é o acessório adequado para fazer isso (também é assunto para outro dia).

Após a Segunda Guerra Mundial, foi desenvolvido o fio de nylon, mais elástico e resistente do que o comercializado até então. Hoje em dia, existe fio dental com flúor, fita dental, e até um fio dental de teflon (o mesmo material das panelas e formas anti aderentes). Tudo isso a fim de facilitar a nossa higiene bucal.

Contei para vocês a história do fio dental. Dá tempo de pesquisar o melhor fio na farmácia e começar a usá-lo. Na próxima edição, vou explicar as principais dúvidas dos pacientes em relação ao seu uso, por exemplo: o que fazer se a gengiva sangra quando se passa o fio dental?

Vão perder? Então até o nosso próximo papo!

 

Andrea Turra Sala - CRO 14354

Faça seu comentário