HomeEconomia quinta-feira, 9 de novembro de 2017 07:40

Cesta Básica apresentou uma variação positiva de 1,41%

O valor total em valores monetários totalizou R$ 693,42 e sua variação absoluta, R$9,63.

O Laboratório de Economia Aplicada- LEA - do curso de Ciências Econômicas da UNIJUÍ, por meio deste boletim divulga a evolução dos preços dos produtos que compõem a Cesta Básica de Santa Rosa.

De acordo com o levantamento, em outubro, a Cesta Básica apresentou uma variação positiva de 1,41%. O valor total em valores monetários totalizou R$ 693,42 e sua variação absoluta, R$9,63. Assim, o valor da Cesta Básica equivaleu a 74% do Salário Mínimo, de R$ 937,00. A variação da Cesta Básica no ano foi negativa e equivaleu a -3,37% e a variação em 12 meses, também negativa, em -4,13%.

O Objetivo do levantamento dos preços da Cesta Básica é ao mesmo tempo acompanhar a evolução dos preços e ter um indicador local confiável que possa ser utilizado como referência em estudos, pesquisas e decisões sobre o tema.

A Cesta Básica é composta por 51 produtos de primeira necessidade divididos em alimentos, material de higiene, material de limpeza e artigos de uso geral. Estes produtos e suas respectivas quantidades são considerados suficientes para o consumo de uma família composta por 4 pessoas (dois adultos e duas crianças) durante o período de um mês. Os preços são coletados mensalmente em quatro supermercados da cidade de Santa Rosa.

Em cada um dos supermercados é coletado, para cada produto, o preço de várias marcas tomadas de forma aleatória nas gôndolas. Para o cálculo do preço dos produtos e do valor total da Cesta Básica de Santa Rosa toma-se, inicialmente por supermercado, o valor da média aritmética dos preços coletados para as marcas de cada produto e, posteriormente, o valor da média aritmética dos supermercados. Assim, o valor divulgado representa a média dos preços praticados nos 4 supermercados na data do seu levantamento (em geral, na terceira semana do mês). Como o custo da cesta básica representa a média dos preços observados nos supermercados, podem-se encontrar os mesmos produtos com preços inferiores e/ou superiores. Para esta diferença nos preços interfere o local da compra (supermercado) e as suas estratégias de formação de preços e de lucros, a marca e a qualidade do produto desejado bem como a data da verificação.

Faça seu comentário