HomeEconomia sexta-feira, 22 de dezembro de 2017 16:04

Consumidores revelam preferências em presentes para o Natal

Os consumidores que pretendem comprar presente para o Natal representam 79,1%, já aqueles que não pretendem presentear são 20,9%.

A Unijuí Santa Rosa divulgou na quinta-feira, 14, uma pesquisa que buscou identificar as intenções de presentes para o Natal dos santa-rosenses. O questionário foi aplicado no centro da cidade, pelas bolsistas Karoline Kaufmann e Vanessa Rute da Silva, do laboratório de Gestão, do Curso de Administração.

Dentre os 219 entrevistados, 59,1% são do gênero feminino e 40,9% masculino e a média de idade varia entre 18 e 50 anos. Os consumidores que pretendem comprar presente para o Natal representam 79,1%, já aqueles que não pretendem presentear são 20,9%.

Roupa é destaque na preferência para presente, representando 29%, seguido de chocolates 13,6% e brinquedos 11,4%. Pelo cruzamento de dados é possível observar que as mulheres com mais de 30 anos e menos de 50 anos preferem presentear. Já os jovens de 18 a 25 anos, que representam 27,6% da amostra, pretendem investir mais em presentes variados. Os homens com mais de 40 anos, representam a categoria que menos pretende presentear neste Natal, 30,8%.

Em relação ao valor pretendido a ser gasto nas compras do Natal variam. Para 66% dos entrevistados afirmam que pretendem gastar entre R$ 100,00 até R$ 250,00. Aqueles que pretendem gastar valores maiores são 22,7%. Os jovens de 18 a 20 anos são a categoria que pretende gastar menos com presentes em média R$ 85,00. A faixa etária que vai investir mais em presentes é de 27 anos a 34 anos, em média R$ 317,00.

No que se refere à quantidade de presenteados, 24,3% vão presentear apenas uma pessoa, 32,4% vão presentear duas pessoas, 21,2% pretendem presentear três pessoas, 13,2% querem presentear quatro pessoas e apenas 8,9% pretendem presentear cinco ou mais pessoas.

De acordo com o professor do curso de Administração, Ariosto Sparemberger, o ato de presentear inclui diversos aspectos inerentes ao comportamento do ser humano, sendo que a razão central é a de querer expressar sentimentos e que envolve a dimensão emocional, pessoal, social, obrigação, econômica e funcional.

Faça seu comentário