HomeEconomia quinta-feira, 20 de julho de 2017 18:14

Região fechou semestre com superávit de emprego

Construção civil, que desempregou bastante na crise, apresentou números positivos de janeiro a junho.

Os santa-rosenses comemoram um superávit de 324 vagas no primeiro semestre, pois de janeiro a junho foram 4.303 admissões contra 3.979 demissões. Em junho o resultado foi negativo, com 623 contratações e 704 desligamentos, gerando um saldo de -81. O município iniciou o primeiro semestre com 19.722 pessoas contratadas nos mais de 4.792 estabelecimentos. Só na construção civil, que acumula 1.434 vagas, foram 513 admissões e 449 demissões, gerando um saldo de 64 vagas abertas. Já o comércio continuou demitindo e acumula um saldo negativo de -64. Foram 1.171 contra-tações e 1.235 demissões. O setor acumula 5.496 vagas em 1.671 estabelecimentos.
Em Tuparendi o número desemprego estabilizou. Neste ano já foram contratadas 171 pessoas e demitidas 165, tendo saldo positivo de seis vagas. O município conta com 1.166 empregos formais em 418 estabelecimentos.
Porto Mauá apresentou crescimento do emprego. Desde janeiro foram contratadas 17 pessoas e demitidas 12, gerando um superávit de cinco vagas. O município conta com 126 estabelecimentos que empregam formalmente 80 pessoas.
O CAGED também aponta que o mercado de trabalho brasileiro abriu 9.821 novos postos em junho, variação de 0,03% em relação ao mês anterior. Essa é a terceira expansão consecutiva e a quarta registrada no ano. Para o ministro do Trabalho e Emprego, Ronaldo Nogueira, os dados mostram que a economia dá sinais de recuperação. “É melhor que seja gradual, em patamares menores, do que termos uma bolha. Isso nos dá a sinalização de que a economia se recupera de forma positiva”, afirmou.
Adriana Thomas Leal, diretora do SINE em Santa Rosa afirma que estão disponíveis cerca de 15 vagas de trabalho na agência. Para concorrer às vagas o cidadão precisa efetuar um cadastro.

Faça seu comentário