HomeEconomia quinta-feira, 13 de abril de 2017 07:49

Sala do Empreendedor teve 3,8 mil atendimentos em 2016

Espaço tem o objetivo de incentivar os empresários à legalização de iniciativas informais que se enquadram nos requisitos estabelecidos pela Lei Complementar 123/06.

Foram 3.873 pessoas de negócios que procuraram a Sala do Empreendedor no ano passado. Este espaço tem o objetivo de incentivar os empresários à legalização de iniciativas informais que se enquadram nos requisitos estabelecidos pela Lei Complementar 123/06, conhecida como Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. Em funcionamento desde 2012 na Prefeitura de Santa Rosa facilita a abertura de novas organizações e regularizar diversos tipos de atividade, resultando em serviços aos Microempreendedores Individuais (MEI).

Informações sobre como providenciar o encaminhamento da nova empresa, como realizar sua regularização, solicitação de alvarás, licenças ambientais, formalização de micro empreendedores individuais, declaração de imposto de renda dos microempreendedores, impressão dos boletos e taxas além de outros serviços estão disponíveis. O Sebrae é parceiro da iniciativa, fornecendo treinamentos e cursos de aperfeiçoamento aos interessados.

Em 2015 o município aderiu a implantação da REDESIM, Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios. De acordo com o coordenador da Sala do Empreendedor, Euclides Spies, a Rede integra os órgãos envolvidos no registro e legalização de empresas, diminui os entraves burocráticos no registro e evita aquela peregrinação por vários setores para conseguir legalizar seu negócio. Com a implantação da REDESIM, o município passou a realizar a análise das consultas de viabilidade em parceria com a Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul (JUCERGS). O estudo de viabilidade é uma ferramenta indicada para que o empreendedor possa planejar o seu negócio, pois dispõe de informações precisas sobre o local onde pretendem autar, quais as exigências legais e documentação para formalizar o seu negócio.

Mensalmente são encaminhados cerca de 60 novos empreendimentos na Sala do Empreendedor. Em 2016 foram emitidos 755 novos alvarás no município.

Faça seu comentário