HomeEsporte sábado, 15 de julho de 2017 11:12

Lorenzo Pigatto assina contrato com o Inter

O jovem de 14 anos, assinou recentemente seu primeiro contrato, justamente com um dos maiores clubes do futebol brasileiro.

O filho do médico Hélio Pigatto e da dona Lauren, e irmão de Laura, agora é goleiro do Internacional de Porto Alegre. Lorenzo Pigatto, 14 anos, assinou recentemente seu primeiro contrato, justamente com um dos maiores clubes do futebol brasileiro. O contrato é válido por três anos.
Para falar de Lorenzo Pigatto no futebol, ninguém melhor que seu treinador. Fernando Rodrigo Braz viu Lorenzo dar os primeiros passos no mundo da bola em 2011, com sete anos, no campo de futebol da Steffen Bebidas. Foi a convite de Gabriel Nasi e Lucas Ritt, colegas de aula no Colégio Salesiano Dom Bosco. Jogava pelo Juventus Atlético Clube onde permaneceu até 2013. Naquele ano, enfrentou o Grêmio pela primeira vez na Copa Ijuí. Após a conquista da Copa Dom Bosco, foi encaminhado por Marcelo Baron e levado por Fernando Braz ao Internacional. Baron jogou pelo Inter e isso teve uma influência positiva. Na avaliação inicial com duração de uma semana, teve um bom rendimento e passou a ser monitorado.
Em 2014 e 2015, atuou pela Arena Gol, conquistando o bicampeonato da Taça Cidade de Tuparendi. Nos dois anos, foi um dos destaques do grupo. Na Taça Saudades, competição disputada na cidade catarinense de Saudades, teve a oportunidade de enfrentar o Internacional jogando pelo Botafogo de Três de Maio. A partida terminou 5 x 0 para o Inter, mas Lorenzo acabou sendo o destaque do time por ter evitado um placar ainda mais dilatado. A atuação foi fundamental para que pouco tempo depois o Inter o chamasse novamente para um novo período de testes.
Um dos momentos de maior brilho na recente trajetória de goleiro foi em 2015, na Taça Cidade de Tuparendi, quando atuou pela Arena Gol e se destacou nas duas partidas contra o Grêmio de Porto Alegre. Ambas terminaram empatadas em 1 x 1. Foram quatro pênaltis defendidos por Lorenzo, sendo um no confronto da fase inicial e outros três na semifinal. Tão logo terminou o evento em Tuparendi, recebeu um convite do Grêmio, mas revelou que já havia dado a palavra ao Inter.
Defendendo a SER Santa Rosa, em 2016, conquistou a Copa Paulo Baier e a Copa Carlos Eduardo. Desde 2012, fez parte do elenco da ASR nos principais campeonatos de futsal da região.
Perguntado sobre as principais características de Lorenzo, o professor e treinador Fernando Braz destacou a personalidade e os reflexos. Sobre conselhos, Fernando pediu para que continue com humildade e que se esforce cada vez mais em busca de seus objetivos e que tudo isso que está acontecendo na vida de Lorenzo serve de exemplo aos demais meninos da escolinha que sonham em ser jogador de futebol.
Jornal Noroeste também ouviu Lorenzo. “Estou muito feliz e pretendo, com muita dedicação, alcançar meus objetivos. Meu dia-a-dia é bastante corrido: colégio, treinos e estudos”. E não esqueceu da importância da família. “Minha família sempre me apoiou e acreditou no meu sonho”.

Faça seu comentário