HomeEsporte segunda-feira, 3 de abril de 2017 12:11

Secretaria volta atrás e permite participação de equipes sem professores de educação física

Decisão inicial proibia equipes sem profissional em participar de campeonato municipal.

Uma postagem no facebook questionou a decisão tomada pela Secretaria de Desenvolvimento da Cultura e Esportes de Santa Rosa, que proibia a participação no Campeonato de Categorias de Base do Futsal de equipes que não possuíam profissionais de Educação Física. Adilson Muller dos Santos lamentou a decisão tomada. “Nosso lema está em perigo. A decisão favorece a exclusão social, pois estas equipes não têm condições de pagar um profissional de Educação Física, e nosso trabalho é voluntário”, disse Adilson.

A reportagem do Jornal Noroeste procurou o secretário de Esportes, Rafael Rufino, quando o mesmo reiterou que voltará atrás da decisão tomada pela pasta e irá refazer as normas do campeonato, autorizando que equipes possam participar sem a obrigatoriedade de um profissional formado. “Conversei com os colegas hoje de manhã sobre o assunto. Eles seguiram essa decisão por uma orientação do Conselho Regional de Educação Física-Cref, que defende a participação do profissional nessas categorias. Vamos trabalhar em conjunto com entidades, voluntários, representantes do Cref, para que possamos esclarecer melhor o assunto”, disse.

O secretário ainda afirmou que em atenção a relevância social do trabalho prestado por diversas pessoas voluntárias, tomei a decisão que estaremos publicando um novo regulamento ao torneio aberto, revendo essa necessidade. “Somos totalmente favoráveis ao trabalho com as crianças, pela importância social que representa na comunidade. Como já escrevi anteriormente, iremos proporcionar escolinhas de futsal, handebol, oficinas de dança, música, teatro, nos bairros, e peço que divulguem as atividades que mais crianças participem”, reiterou.

Faça seu comentário