HomePolícia sábado, 21 de abril de 2018 09:09

Delegacia de Polícia do Bairro Cruzeiro completa hoje 14 anos

O Bairro Cruzeiro jamais foi o mesmo a partir daquela data em seus índices de criminalidade. A parceria com a comunidade permanece até hoje.

A 2ª DP de Santa Rosa, assim tecnicamente chamada pelo comando policial civil, foi instalada oficialmente em 20 de abril de 2004, na Rua Ângelo Minuci, Bairro Cruzeiro. Na época, o Governo Olívio Dutra promoveu um processo de interiorização da Polícia Civil.

Álvaro Ribeiro Neto, delegado regional naquele ano, procurou o prefeito Alcides Vicini para conversar a respeito. Marcos Bastian Pinto, então assessor de gabinete do prefeito e morador de Cruzeiro, ficou com a missão de articular uma ação junto à ACICRUZ (Associação Comercial e Industrial). Na articulação o município garantiu o imóvel (antiga sede dos Correios) e a ACICRUZ se encarregaria de reformá-lo conforme os padrões exigidos pela Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Sonia Conti, que presidia a Associação Comercial, mobilizou mais entidades e a população do Bairro Cruzeiro para levantar os recursos necessários. O prédio estava em condições precárias. "Elegemos, na época, Antonio Reginatto e Angelin Coletto para coordenar e acompanhar as reformas. Foram feitos vários eventos beneficentes, mas o maior recurso veio das empresas de todo o município que colaboraram para que a obra fosse concluída", lembra.

Para Sonia, a DP de Cruzeiro foi consequência de uma parceria entre Governo do Estado, Executivo Municipal e ACICRUZ, que representou a comunidade. A Delegacia foi instalada em 20 de abril de 2004, quando Osvino Wilkom exercia mandato de presidente da ACICRUZ.

Um susto. Quase às vésperas de ser inaugurada veio uma determinação do Estado de que não havia mais interesse de prosseguir com o processo de interiorização, o que causou pânico junto às lideranças e moradores. "Depois de vários contatos com o diretor do Departamento de Interior, delegado Pedro Rodrigues, o processo seguiu adiante e a tão sonhada inauguração ocorreu já com Marcio Steffens respondendo pela Delegacia Regional", resgata Sonia Conti.

A DP teve como primeiro titular o delegado Ubirajara Dhiel Junior. O Bairro Cruzeiro jamais foi o mesmo a partir daquela data em seus índices de criminalidade. A parceria com a comunidade permanece até hoje. A DP foi um dos episódios mais mar-cantes de união de toda a história do bairro.

Faça seu comentário