HomePolítica sexta-feira, 30 de junho de 2017 07:54

Justiça eleitoral reprova contas de candidatos

Fernando Classmann, Eduardo Richter, Vitor Abreu, Joares da Silva, Jessica Pinheiro, Christian Hofferber e Sônia Aguiar estão na lista de reprovações.

O juiz eleitoral Adalberto Hommerding, titular da 42ª Zona Eleitoral reprovou contas de sete candidatos a vereadores de Santa Rosa. As reprovações foram apresentadas também em parecer do Ministério Público Eleitoral-MPE de Santa Rosa. A promotora Cristiane Mello de Bona, ao Jornal Noroeste já havia informado a suspeita de Caixa II na campanha. Segundo o MPE, na maioria dos casos os candidatos não apresentaram conta bancária, esta exigida por lei, e os que apresentaram, não prestaram conta do dinheiro gasto, ou os gastos não correspondem com as arrecadações.

Segundo Mauro Godói Prudente Filho, chefe do Cartório Eleitoral de Santa Rosa, os principais erros encontrados nas prestações são de ordem burocrática, pois a lei exige que todo o recurso financeiro utilizado na campanha passe por uma conta bancária e seja apresentado recibos/nota fiscal do gasto.

Já referente as sanções a Justiça apenas afirma que elas, mesmo consideradas irregulares serão arquivadas, pois os processo eleitoral já encerrou e se fosse durante o pleito o candidato poderia até ter sua candidatura cassada.

Candidatos que tiveram contas reprovadas:

Fernando Classmann-PTB: A reprovação da contas de campanha do candidato Fernando Classman, segundo a Justiça, se deu por suspeitas de caixa 2 na campanha. Segundo o Ministério Público Estadual, Classmann teve gastos com concessão de veículos e veículos utilizados na campanha sem que fossem declarados em sua prestação de contas.

Eduardo Richter-PP: A reprovação da contas de campanha do candidato Eduardo Richter oi decorrente de erro no contrato e concessão de veículo. Trata-se de problemas formais, onde o candidato utilizou-se de recursos próprios e não prestou conta.

Vitor Abreu-PTB: A reprovação se deu por irregularidades formais, pois após o Ministério Público fazer apontamentos o candidato não apresentou justificativas. Segundo a Justiça eleitoral ele não respondeu ao questionamentos e deixou passar os prazos de defes.

Joares da Silva-PHS: Embora não tenha utilizado de recursos pois desistiu de concorrer, o candidato não abriu conta bancária.

Jessica PinheiroPHS: Embora não tenha utilizado de recursos pois desistiu de concorrer, a candidata não abriu conta bancária.

Christian Hofferber-PSDB: O candidato teve suas contas reprovadas pois o mesmo não recebeu recursos, não depositou nenhum valor na conta e repassou cheques da campanha.

Sônia Aguiar-PMDB: A candidata não abriu conta bancária e utilizou de recursos para a campanha, o que é considerado irregular.

 

 

Faça seu comentário