HomePolítica sexta-feira, 10 de março de 2017 15:06

Segunda ação contra Vicini é julgada Improcedente

Decisão foi deferida pelo juiz Adalberto Hommerding, no final da tarde da quinta-feira.

O juiz eleitoral titular da 42ªZona Eleitoral de Santa Rosa, Adalberto Hommerding, entendeu ser improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral movida pela Coligação Novos Caminhos encabeçada por Rodrigo Colla/Valdemar Fonseca contra a chapa majoritária Vicini/Benvegnú.

A oposição acusa o prefeito de Santa Rosa, Alcides Vicini, de abuso do poder político e econômico. No processo além de provas do Limpa Fossa a oposição sustentava a acusação com supostos vícios em outras secretarias municipais de governo.

Sobre a denúncia o juiz julga e cita a posição do Ministério Público, o qual afirma que os elementos de prova produzidos são fracos, em comparação com o tamanho das pretensões que as coligações autoras deduzem. “Por mais que possa aparentar verossimilhança, intuir a participação do prefeito municipal a partir de atos comprovadamente praticados, não por ele, mas sim por seus subordinados e correligionários é, salvo o melhor juízo, o mesmo que criar hipótese de responsabilização objetiva não prevista em lei” citou Adalberto.

Após a decisão, ao Jornal Noroeste, o prefeito Vicini destacou que sempre esteve sereno as ações, e encara a decisão como justa. “Agora vamos deixar de lado tudo isso, e continuar trabalhando por uma cidade melhor, juntando forças de diferentes partidos”, comemorou.

Faça seu comentário