HomeSaúde sexta-feira, 1 de dezembro de 2017 08:01

Situação do Dom Bosco cada vez mais grave

Na quarta-feira, 29, o Sindisaúde divulgou uma nota alertando que os serviços na área da saúde podem ser paralisados.

Nesta sexta-feira, 01, a greve dos funcionários do Hospital Dom Bosco entra no 20º dia consecutivo. O hospital conta na manhã desta sexta-feira, com 32 pacientes internados na psiquiatria e nove no ambulatório.

Na quarta-feira, 29, o Sindisaúde divulgou uma nota alertando que os serviços na área da saúde podem ser paralisados, destacando que os funcionários estão com os salários atrasados, além do vale alimentação e outras obrigações. O grupo pede mudança de gestão e afirmam que os trabalhadores estão com dificuldades em manter seus compromissos pessoais.

“Somos sempre muito realistas e verdadeiros, tem muito dinheiro público ali investido, não queremos apenas uma solução paliativa para o bem dos funcionários, precisamos uma estabilidade para toda comunidade”, destacou em nota Lino José Puhl, presidente do Sindisaúde.

O vereador Osório dos Santos marcou uma reunião para a manhã de segunda-feira, na Câmara. Ele preside a Comissão de Saúde e convidou todas as autoridades e lideranças vinculadas à área da saúde pública no município, autoridades judiciais e representantes da direção do Dom Bosco. “Precisamos encontrar uma saída para uma crise que a cada dia ganha proporções maiores de gravidade”, justificou.

Faça seu comentário