HomeTrânsito quinta-feira, 13 de abril de 2017 07:28

As propostas rechaçadas pelo Sintralog

Debate visa regular o trânsito pesado no centro da cidade.

O debate sobre o trânsito de cargas pesadas em vias centrais de Santa Rosa está oficialmente instalado, o que é considerado altamente positivo por entidades que acompanham a questão há anos.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística (Sintralog) iniciou mesmo sua mobilização após receber do setor competente da Prefeitura o que vinha sendo projetado para regular o setor. A proposta não foi bem aceita. Foi, então, que a Prefeitura e o Sindicato passaram a buscar um entendimento.

O que propôs a área de Mobilidade Urbana ao Sintralog? Para começar, no perímetro do centro da cidade seria permitida a circulação de veículos de carga com Peso Bruto Total até 20 toneladas no horário das 5h às 8h. Veículos de carga com até 4 toneladas, teriam horário permitido das 8h às 11h e das 14h às 17h. Veículos de carga com mais de 20 toneladas estariam liberados para circular em trechos como: Avenida Expedicionário Weber até o entroncamento da Prefeitura Municipal, Steffen Bebidas e Cotrirosa; Avenida Inhacorá, do trevo de acesso até a entrada de caminhões do Alibem; Na Avenida Tuparendi, do trevo de acesso até a Rua Nolar Kruel, acesso à Camera Alimentos. As empresas teriam um período de um ano para se adequar às novas normas.

Para circulação em outros trechos localizados dentro do perímetro urbano, deveria ser requerida licença especial no Departamento de Trânsito da Prefeitura para os seguintes tipos de carga: caminhões com concreto para fornecimento a construções; caminhões para abastecimento de postos de combustíveis, edifícios, hospitais e demais instituições; caminhões com carga a granel, gás ou similar e caminhões cegonha.

O Sintralog pretende em 30 dias ampliar uma contraproposta já enviada ao setor de Trânsito da Prefeitura, mas de forma mais detalhada.

Faça seu comentário