Blog Gilberto Kieling
Blog Gilberto Kieling
Gilberto Kieling



Blog

Promessas!

Publicado em 27/12/2019 08h00 - Atualizado há 9 meses - de leitura

A situação anda de um jeito que eu já não sei como congratular-me com os amigos neste final de ano. Se eu desejar paz, solidariedade, fraternidade, amor ao próximo, corro um sério risco de ser tachado de “comunista”. Mas, mesmo assim, mesmo com esse clima intolerante que anda por aí, é preciso desejar um mundo melhor, renovar propósitos e insistir na esperança.

Ter esperança é uma característica bem humana. É nossa virtude, nossa forma de reafirmar forças contra todas as desesperanças. É isso o que nos mantém vivos, tocando em frente, apesar do ano que termina e de todas as más notícias destes últimos doze meses. Acho que, como brasileiros, nós realmente somos os campeões da esperança. E elas, as esperanças, sempre se renovam na virada de cada ano, o que não deixa de ser uma persistência louvável.
**
Veja o que é o tempo. Estamos entrando na terceira década do século XXI. Parece que foi ontem que discutíamos o fim do milênio e já transcorreu um quinto do novo século. Quem nasceu lá na virada já está com vinte anos de idade! Cruzes!

No ano 20 do século passado, que foi vivido por meus avós, o mundo já tinha experimentado a primeira grande guerra mundial (a mais estúpida guerra da História) e começava a viver uma nova e trágica experiência, o nazismo, que o levaria ao mais sangrento de todos os conflitos, a Segunda Guerra.

Esperamos, para este século XXI, que situações semelhantes não se repitam, pois o nazismo e o fascismo não desapareceram ao final da Grande Guerra como gostaríamos. Estão assustando o mundo outra vez, inclusive o Brasil.

**
Minhas promessas, ou resoluções de ano novo, são singelas, pragmáticas, algumas sem a menor chance de serem cumpridas. Mas há esperança, como já disse. Veja só:

Vou me matricular na academia e começar um rígido programa de exercícios. A academia lá perto de casa me ofereceu um plano de um dia, com direito a selfie para postar nas
redes sociais. Tô nessa!

Já no primeiro dia do ano vou começar uma dieta. Aliás, faço isso toda segunda-feira. Portanto, será a primeira do ano. Neste 2019 foram cinquenta e quatro. Mas agora vai...

Vou ser mais organizado e ler mais (essa até Deus duvida!).

Vou comer muita salada, dando preferência, é claro, para a de maionese.

Se tiver de cometer erros neste novo ano, vou repetir meus erros antigos. Com eles já estou acostumado.

Na virada, pedindo sorte, também vou pular sete ondinhas no Pessegueirinho. Com o nariz tampado, é claro.
**
Meu único drama é escolher a cor da cueca para o réveillon. O amarelo não tem funcionado. Por via das dúvidas, vou de tricolor (azul, preto e branco). Uma cueca bem ridícula, com certeza, mas o que fazer se estou esperando o tetra da Libertadores?
Se nem Jesus deu ao Flamengo o campeonato mundial, não custa sonhar um pouco.

Se tu andas pouco criativo, sem imaginação e sem promessas para o novo ano, não te preocupes. Nós seremos soterrados de promessas neste ano de 2020, pois os políticos
já estão à espreita. Vai ser divertido. Aliás, em Santa Rosa já tem promessa correndo solta e faceira por aí... Em 2020 vamos fazer coleções de promessas. Algumas delas voltarão após quatro anos de ausência. Eu até estava com saudade delas...

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Tratamento que a população recebe da Previdência Social

O fato da semana é o descaso de alguns profissionais da Previdência Social em relação a população - Por Zelindo Cancian.

há 2 dias


O tema desta semana é o Ciúme

há 2 dias


Situação das pontes e estradas de Santa Rosa

há 3 dias