Blog Gilberto Kieling
Blog Gilberto Kieling
Gilberto Kieling



Blog

Quando Santa Rosa começava...

Publicado em 03/05/2021 11h40 - Atualizado há 5 dias - de leitura

Na próxima semana (dia 7) a biblioteca pública de Santa Rosa, que leva o nome do Olavo Bilac, estará comemorando 80 anos. Um marco histórico. Certamente, à época, era uma modesta estante de livros oferecidos à diminuta população da cidade.

Agora, porém, com a reforma do prédio recentemente concluída, temos uma biblioteca moderna, com acervo também revitalizado. São muitas obras recentemente adquiridas que estão à disposição dos leitores (isto é uma grande notícia!). Aliás, recebi a informação de que, desde o início da pandemia do coronavírus o número de frequentadores triplicou. Outra grande notícia! São centenas de leitores que buscaram a biblioteca para enfrentar estes tempos de isolamento e cuidados. Uma boa parte deles compreende o valor da leitura. Outros, acredito eu, cansaram das futilidades que encontram em seus “smartphones”.

Fica a dica para os amigos e amigas apreciadores de uma boa leitura. A biblioteca está de portas abertas. Uma jovem e bonita biblioteca de 80 anos...

===

Pois oitenta anos atrás, o Brasil era muito diferente. O Brasil se modernizava e por aqui também aconteciam importantes transformações. Fico imaginando uma reunião da comissão emancipatória do jovem município:

— Estamos prontos, pessoal. Já temos prefeito, delegacia, paróquia, abatedouro de suínos, um jornal e meia dúzia de botecos. Falta alguma coisa?

— Uma biblioteca!

— Perfeitamente! Bem lembrado! E quem não souber ler, trate de aprender...

Podemos imaginar, também, que os primeiros livros, doados por voluntários, eram em língua alemã. Na época, parte dos livros que aqui chegavam vinha da Alemanha, via igreja Católica ou Evangélica. Mas isso, hoje, é irrelevante. O fato é que a biblioteca surgiu quando a cidade ainda dava seus primeiros passos, pois em 1º de julho de 1931 tinha sido assinado o decreto de emancipação, que oficializou o nome de Santa Rosa para o anterior povoado de 14 de Julho.

===

Pois o Olavo Bilac (que dá nome à nossa biblioteca) chegou a cursar medicina e direito, mas não concluiu nenhum destes cursos. Sua paixão, mesmo, era o jornalismo e a literatura. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras e também é lembrado por ser o autor da letra do Hino da Bandeira. Mas sua principal contribuição foi na defesa das ideias republicanas e também da literatura infanto-juvenil. Teve uma vida intensa e morreu aos 53 anos.

===

Mudando de assunto. Santa Rosa está atingindo o registro de 2 mortes por Covid para cada 1.000 habitantes. Está mais ou menos na mesma faixa estatística da média brasileira. Isto não significa qualquer desleixo. A população e as autoridades de saúde estão muito cientes de todos os cuidados. Observamos isto. O número, porém, serve para lembrar que não somos uma cidade “protegida” ou “distante” do avanço do vírus.

Se somarmos estudantes de escolas estaduais, municipais, privadas e do ensino superior no RS, e ainda o corpo docente e o grupamento dos pais, chegaremos a um número superior a 2 milhões de pessoas (não tenho estatística atualizada). A este número somemos todos os trabalhadores auxiliares do ensino e prestadores de serviços de escolas, e vamos a um número perto de 2,5 milhões. A grande maioria ainda não recebeu a vacina. Você percebe o perigo?

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

TRF 4 julga ação da Barragem Garabi/Panambi

TRF julga neste momento o recurso contra a decisão que impede os estudos para a construção do Complexo Hidrelétrico Garabi-Panambi.

há uma semana


Lançado projeto do Espaço Poliesportivo e Cultural

há 2 semanas


Aulas na rede municipal não retornam nesta segunda

há 2 semanas