Blog Gilberto Kieling
Blog Gilberto Kieling
Gilberto Kieling



Blog

Tempo de pandemia

Publicado em 06/07/2020 08h34 - Atualizado há um mês - de leitura

Ao final deste ano de 2020 poderemos elencar todos os fatos ocorridos ao longo de doze meses e vamos chegar a uma conclusão inevitável. Este é o ano mais louco de nossas vidas. Já aconteceram coisas inimagináveis. Crise política, ameaças à democracia, coronavírus, fronteiras fechadas, gafanhotos, ministros em revoada, 60 mil mortos, desemprego alarmante, lockdown, fake news, álcool, máscaras, empresas quebrando e a gente engordando em casa.

E olha que recém entramos em julho...

***

Complicada mesmo está a vida dos solteiros. Sem boate, sem balada, sem bares, sem reuniões informais. Tudo aquilo que caracteriza a juventude mais saborosa. O que existe como salvação é a internet.

“Vi você no carro, hoje. Achei linda a tua máscara!”

“Também te vi. A tua máscara também é linda...”

“Podemos nos encontrar?”

“Claro! Na tua ‘live’ ou na minha?”

***

No projeto aprovado pelo Senado Federal envolvendo as chamadas “fake news”, há um dispositivo interessante. No caso de mensagens enviadas em massa, as empresas (mais especificamente o WhatsApp) deverão guardar os registros durante três meses. É o tempo necessário para investigações policiais envolvendo a prática de eventuais crimes.

O projeto é uma tentativa de a sociedade entender o que é este fenômeno que envolve a propagação acelerada de notícias falsas, encobertas pelo anonimato. Os tais “robôs”, que nada mais são do que o emprego da inteligência artificial para propagar informações de forma massiva, vêm sendo muito acionados nos últimos anos no Brasil. Há sérias suspeitas de que na última eleição eles foram decisivos para a definição do voto de milhões de brasileiros. Vale lembrar que estamos novamente em ano eleitoral...

O projeto também prevê a criação de uma entidade de autorregulação das redes sociais, a exemplo do que acontece com a propaganda, que tem um firme controle do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária). Há quem diga que isso reduzirá a liberdade da internet. É possível. Mas nesses tempos loucos que vivemos, a informação séria e confiável virou produto de primeira necessidade. Uma imprensa responsável é fundamental. Quem ganha é a sociedade. Quem deve perder espaço são os mentirosos.

***

Diariamente ouvimos dizer que “todos” estão perdendo, em termos econômicos, com a cruel realidade da pandemia. É certo que a grande maioria está perdendo. Basta olhar à nossa volta. Mas não são “todos”.

Alguns setores da economia comemoram este primeiro semestre. Além das áreas de alimentos (que obviamente cresceram), temos outro caso pouco comentado. É o setor de seguros. Na verdade, podemos considerá-lo hoje uma grande indústria por conta do enorme volume de dinheiro que administra. Pois desde o início do ano as contratações de seguro de vida já aumentaram em 140% (as pessoas estão com medo da morte). E, por via reversa, a economia com seguros de acidentes automobilísticos já “poupou” aos cofres das seguradoras cerca de R$ 700 milhões. A redução do fluxo de veículos nas estradas também reduziu as indenizações.

Alegria de uns, tristeza de outros. São tempos de pandemia...

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Unidade Dom Bosco é adquirida em leilão pelo Vida & Saúde

O Hospital Vida & Saúde de Santa Rosa/RS adquiriu em leilão a estrutura do Hospital Dom Bosco, que ocorreu na manhã desta terça-feira, 11. O valor do negócio foi de R$ 9.354.000,00. Ele aconteceu às 10h, via internet, quando tiveram dois interessados. O Vida & Saúde arrematou, dará uma entrada de R$ 2,5 milhões em 24 horas e parcelará o restante em 30 vezes.

há 13 horas


89 anos de Santa Rosa

ontem


Santa Rosa comemora hoje, 10 de agosto, 89 anos de emancipação.

há 2 dias