Blog InBox
Blog InBox
InBox



Blog

A reinvenção das atividades físicas

Publicado em 28/10/2020 10h05 - Atualizado há 3 meses - de leitura

Texto: Cristiano de Vargas Machado *

Nos últimos tempos, a prática de exercícios físicos precisou ser reinventada em virtude da pandemia de corona vírus. As salas e quintais de casa viraram também uma academia improvisada, porém, com o a flexibilização do isolamento social, as academias puderam reabrir, sobretudo, com cuidado redobrado. Por isso o uso das máscaras se tornou obrigatório. Não só na academia, mas em práticas esportivas ao ar livre também.

O fato é que o uso das máscaras, que modificam o ritmo da respiração, também impactam as atividades físicas. Um estudo aponta que as máscaras de algodão aumentam os batimentos até 15 pontos acima do normal e máscaras cirúrgicas a saturação do oxigênio cai, aumentando a percepção do esforço. Isso porque o calor entre a máscara e o rosto impedem o corpo de inspirar ar frio para resfriamento interno, o que gera maior esforço da musculação.

As máscaras mais recomendadas ainda são de algodão, nenhuma marca esportiva apresentou uma versão melhor para a prática. Outro ponto é que as máscaras perdem a sua função após 10-15 minutos de exercícios pelo suor, por isso é importante estar munido de mais máscaras quando for se exercitar.

Os especialistas apontaram também que em atletas mais treinados, o uso das máscaras pode ocasionar uma perca de até 20% da performance. Por isso, o recomendado é a prática esportiva moderada e com até 80% da frequência cardíaca máxima. O momento de agora é mais adequado para cuidar da saúde física e mental, por isso muito cuidado e atenção nas atividades físicas.

*Cristiano de Vargas Machado
é professor de Educação Física, CREF 2657-G/RS e Personal Trainer do Studio Saúde

Últimas do Blog

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

"Trevos Assassinos"

Entrevista com André Stürmer, sobre os "trevos assassinos" da nossa região.

há 2 dias


Janeiro Branco

há 3 dias


Colheitadeira é removida, após quase cair de ponte em Três de Maio

há 5 dias