Comportamento

Santa-rosenses ficaram em casa neste final de semana

A avaliação é da Vigilância Sanitária e válida, pelo menos, até às 18h30min deste domingo (6).

Publicado em 06/12/2020 19h09 - Atualizado há um mês - de leitura
No Tape Porã, que teve todos os bancos interditados, foi mínima a presença de pessoas no período fiscalizado, segundo apurou a VS. / Foto: Divulgação

Em dois dos locais públicos de Santa Rosa/RS mais concorridos, o Tape Porã e o parque infantil da Praça 10 de Agosto, receberam pouquíssimo público entre quinta-feira à noite (3), sábado inteiro e neste domingo (6). A avaliação partiu de Jairo Beal, coordenador da Vigilância Sanitária (VS), órgão vinculado à Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa-FUMSSAR. As ações de fiscalização contam com o apoio e reforço de soldados em formação da Brigada Militar comandados pelo Capitão Anderson Machado.

“Nossos fiscais não foram confrontados em nenhum momento. Nas canchas de bochas e balneários que vistoriamos, não havia nenhuma presença de público. E também não recebemos qualquer denúncia de descumprimento”, avaliou. Admite que alguns bares e restaurantes, tanto no centro da cidade como nos bairros, avançaram no horário permitido (22h) e não observaram o distanciamento orientado. “Quem descumpriu as determinações do Decreto de Calamidade Pública alterado na terça-feira (1), foi autuado” informou.

Beal declarou que a participação da Brigada Militar foi decisiva nas ações. “Os soldados ficaram monitorando o Tape Porã até às 23h”, acrescentou.



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

"Trevos Assassinos"

Entrevista com André Stürmer, sobre os "trevos assassinos" da nossa região.

há 3 horas


Janeiro Branco

há 8 horas


Colheitadeira é removida, após quase cair de ponte em Três de Maio

há 2 dias