Geral

Corpo de João Alberto, morto após ser espancado, é velado na Capital

Homem negro foi espancado e morto por dois seguranças em uma unidade do supermercado Carrefour, na noite de quinta-feira (19). Agressores foram presos em flagrante.

Publicado em 21/11/2020 10h34 - Atualizado há uma semana - de leitura
Velório de João Alberto Freitas, morto em unidade do Carrefour em Porto Alegre / Foto: Tiago Guedes / RBS TV

O corpo de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, espancado e morto em uma unidade do supermercado Carrefour, começou a ser velado na manhã deste sábado (21) no Cemitério São João, na Zona Norte de Porto Alegre. O enterro está marcado para 11h30.

Muito abalada, a mulher de João Alberto, Milena Borges Alves pediu justiça. "Eu não tenho nada para falar. Só quero justiça, quero que paguem".

João Alberto foi morto por dois seguranças do supermercado na noite de quinta-feira (19). Segundo a polícia, a vítima teria feito um gesto para uma funcionária do mercado, o que a fez chamar a segurança do local.

Beto, como era conhecido, foi acompanhado pelos dois homens ao estacionamento da unidade. De acordo com a polícia, ele teria dado um soco em um dos seguranças, quando começaram as agressões. A vítima foi agredida por cerca de 5 minutos pelos dois homens.

O Samu foi acionado, mas ele morreu no local. Os dois homens foram presos em flagrante e devem responder por homicídio triplamente qualificado.

 

 



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

FASE FINAL

Noite final do Musicanto 2020, direto do Centro Cívico e Cultural de Santa Rosa/RS.

há 19 horas


O Fato da Semana - A atrocidade cometida no Carrefour

há 19 horas


Fase LIVRE do Musicanto 2020

há 2 dias