Geral

Fundação diz que não existe registro sobre ida ao motel de servidores

Diretor afirma que não foram apresentadas provas sobre o fato.

Publicado em 12/01/2021 11h34 - Atualizado há uma semana - de leitura
A suposta ida ao motel teria acontecido no primeiro semestre de 2020, mas sem provas que comprovem o fato. / Foto: Arquivo JN

Questionada na manhã desta terça-feira (12) sobre um boato que circula nas redes sociais, dizendo que um diretor da Fundação Municipal de Saúde teria ido com uma servidora para o motel, durante expediente, a entidade diz que não tem registro sobre o fato.

O diretor de Gestão, Rogério Silva Santos informou que não existe nenhum registro ou denúncia na Fumssar, e que se alguém tiver alguma prova, ela deve ser apresentada, para que se consiga abrir procedimento administrativo, para apurar o fato.

O assunto/boato se tornou público após uma carta ser divulgada em emails da imprensa. Ninguém assinou o documento divulgado, e nenhuma pessoa quis se manifestar, mesmo com a garantia de sigilo da fonte. Uma médica do quadro de carreira da Fundação chegou a publicar o documento em sua rede social.

No dia 05 de janeiro o presidente da Fundação, Délcio Steffan informou a reportagem do Jornal Noroeste, que um diretor recebeu ordem para registrar o fato na Delegacia de Polícia, e que a Polícia tomasse as medidas cabíveis. 

A Fundação de Saúde teve problemas com servidores em 2020, quando se tornou público a ida para o comércio em horário de expediente. Outro fato foi de que uma profissional de uma unidade de saúde batia o cartão e voltava para a casa do namorado, em horário de trabalho. Todas tiveram processo administrativo e receberam punição (Leia aqui).

Um fato recente é de uma servidora terceirizada que realizou vídeos do Tik Tok, e as produções viralizaram. A mulher foi desligada e a empresa terá o contrato cancelado. 
 



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

"Trevos Assassinos"

Entrevista com André Stürmer, sobre os "trevos assassinos" da nossa região.

há 5 dias


Janeiro Branco

há 5 dias


Colheitadeira é removida, após quase cair de ponte em Três de Maio

há 7 dias