Geral

Prefeitos querem bancar contrato emergencial com médico legista

A medida viabilizaria a retomada do IML de Santa Rosa.

Publicado em 22/05/2020 10h54 - Atualizado há 2 dias - de leitura
IML de Santa Rosa pode ser reaberto a qualquer momento, com a solução prática apresentada por prefeitos da Fronteira Noroeste. / Foto: Reprodução

O IML de Ijuí concentra hoje necropsias de 120 municípios da Região Noroeste. Além do deslocamento de 200 km entre ida e volta dos corpos, pegando como ponto de partida     Santa Rosa, os familiares se queixam muito da demora da liberação.

Para resolver de vez a reabertura do IML de Santa Rosa (fechado oficialmente desde 14 de fevereiro deste ano), prefeitos da Região Fronteira Noroeste (AMOFRON) estão dispostos a bancar os custos de um contrato emergencial com o médico legista Paulo Steffen.  E o Dr. Paulo está disposto a assinar o contrato.

As informações foram repassadas na manhã desta sexta-feira (22) pelo vereador Rodrigo Bürkle (PP), que vem articulando a reativação do IML local desde março. “O órgão pode ser reaberto a qualquer momento, só depende de autorização do Instituto Geral de Perícias (IGP), através de um convênio a ser assinado com a AMUFRON”, declarou.

O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, por ocasião da visita de uma comitiva de Santa Rosa, prometeu que até abril o problema estaria resolvido. Porém, as restrições impostas pelo Decreto Estadual de Calamidade Pública atrapalhou o cumprimento do cronograma, especialmente pela proibição de encontros fechados. Isso não permitiu o treinamento de médicos legistas que seriam contratados.



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Unidade Avançada do Dom Bosco

Programa Ponto e Contraponto, Jairo Madril entrevista Rubens Zamberlan, Vanderli de Barros e a enfermeira Rosa Zorzan, sobre a Unidade Avançada do Hospital Dom Bosco de Santa Rosa.

há 2 dias


Prefeitura de Santa Rosa contratou operação de crédito no valor de R$ 7 milhões.

há 5 dias


Fazer exercícios físicos em tempos de quarentena

há 6 dias