Justiça

Em nota, Justiça Federal de Santa Rosa prioriza teletrabalho nos processos

Comunicado afirma que as partes devem ficar cientes que os prazos não serão suspensos e as ações que forem propostas serão analisadas.

Publicado em 17/03/2020 05h00 - Atualizado há 2 semanas - de leitura
Justiça Federal também irá atuar de maneira diferenciada devido ao Covid-19 / Foto: Divulgação

O Juiz Federal Rafael Lago Salapata, Diretor do Foro da Subseção Judiciária de Santa Rosa, Seção Judiciária do Estado do Rio Grande do Sul, emitiu uma nota de esclarecimento quanto ao funcionamento do órgão a partir de agora. Isto porque com o avanço do Covid-19 muitos servidores passarão a trabalhar em casa - o chamado "home office".

Basicamente, cerca de dois servidores ficarão na unidade, em forma de rodízio, para atender casos que necessitem de contato presencial com partes interessadas. Os demais servidores trabalharão pelo sistema de “home office”, pois todos os procedimentos poderão ser feitos on-line, via e-mail, Whatsapp ou ainda por telefones que a Justiça Federal colocou a disposição.

O mais importante, segunda a nota, é que todas as partes devem ficar cientes que os prazos não serão suspensos e as ações que forem propostas serão analisadas, sendo que as decisões e julgamentos seguem sendo proferidas eletronicamente. Clique AQUI e confira a íntegra da nota.



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Governo atualiza situação da Covid-19 no país

Brasil tem 240 mortes e 6.836 casos confirmados de coronavírus

ontem


Presidente Jair Bolsonaro e ministros falam no Palácio do Planalto

ontem


Eduardo Leite concede entrevista coletiva

ontem