Justiça

Prefeito Alcides Vicini está fora de investigação do Caso Aluguel Amigo

4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça entendeu que os indícios sobre a participação do prefeito são frágeis. Ação contra Leila Piekala, Miro Jesse e Milton Vogel segue.

Publicado em 21/02/2020 17h39 - Atualizado há um mês - de leitura
O prefeito de Santa Rosa (RS), Alcides Vicini, está fora de investigação do Caso Aluguel Amigo / Foto: Assessoria de Comunicação/Prefeitura de Santa Rosa

A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça declinou competência e encaminhou Ação de Investigação do caso “Aluguel Amigo” referente ao prefeito de Santa Rosa (RS), Alcides Vicini. O órgão avaliou que os indícios sobre a participação do prefeito são frágeis.

Com isso, o processo volta à instância local. Cabe agora ao Ministério Público (MP) decidir se denunciará os outros três citados na ação, a atual secretária de Gestão e Fazenda do município, Leila Piekala, o vereador Miro Jesse (PPS), e seu sócio Milton Vogel, na Vara Criminal.

Oriundo do mesmo caso, os três nomes citados são réus de uma Ação Civil Pública.

Leia também:

MP encaminha à Promotoria de Santa Rosa as investigações do Caso Aluguel Amigo



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Governo atualiza situação da Covid-19 no país

Brasil tem 240 mortes e 6.836 casos confirmados de coronavírus

ontem


Presidente Jair Bolsonaro e ministros falam no Palácio do Planalto

ontem


Eduardo Leite concede entrevista coletiva

ontem