Política

Bolsonaro enviará projeto à Câmara para ampliar atividades essenciais

De acordo com o presidente, “atividade essencial é toda aquela necessária para o chefe de família levar o pão para casa”.

Publicado em 06/03/2021 17h00 - Atualizado há um mês - de leitura
Presidente Jair Bolsonaro afirma que vai enviar projeto à Câmara dos Deputados para ampliação das atividades consideradas essenciais / Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que vai enviar um projeto à Câmara dos Deputados para ampliar as atividades consideradas essenciais. A declaração do chefe do Executivo foi feita em discurso para apoiadores no Palácio da Alvorada.

“Atividade essencial é toda aquela necessária para o chefe de família levar o pão para casa”, afirmou Bolsonaro.

Nos bastidores, o posicionamento do presidente é visto como mais uma investida para enfraquecer as medidas de isolamento adotadas por governadores e prefeitos diante do colapso do sistema de saúde, causado pela pandemia de Covid-19.

“Essa história do ficar em casa, para quem tem dinheiro, tudo bem. O pessoal muitas vezes trabalha hoje para comer amanhã, ou comer à noite. Eu falei ontem o que é atividade essencial. Mandei preparar um projeto nesse sentido”, explicou o presidente.

Bolsonaro ainda afirmou que já mandou preparar o projeto de lei para enviar ao Congresso. Segundo ele, caberá à Câmara definir a lista de atividades essenciais.

“A Câmara é quem vai decidir. Atividade essencial é toda aquela necessária para o chefe de família levar o pão para casa. Por que o cara que é encanador, por exemplo, não é essencial? Ele vai levar o que pra casa?”, questionou.

Em 2020, Bolsonaro incluiu várias atividades no rol de serviços essenciais, incluindo salões de beleza, barbearias e academias. Na ocasião, a medida foi estabelecida por meio de decreto.



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Privatização da Corsan

Ex-prefeito de Santa Rosa, Orlando Desconsi, falou na manhã desta segunda-feira (19) sobre a privatização da Corsan.

há 16 horas


Mantei avalia os 100 primeiros dias de governo

há 17 horas


Programa Podcast Noroeste

há 17 horas