Política

Novo ministro da Justiça deve promover trocas de comando na PF e na PRF

Anderson Torres, empossado na manhã de hoje, tem o aval do presidente Jair Bolsonaro para as mudanças.

Publicado em 06/04/2021 14h14 - Atualizado há 2 semanas - de leitura
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, deve promover trocas de comando na Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com o aval do presidente Jair Bolsonaro / Foto: Reprodução/Facebook

O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, deve promover trocas de comando na Polícia Federal (PF) e na Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com fontes próximas ao ministro, empossado na manhã desta terça-feira (6), ele tem o aval do presidente Jair Bolsonaro para as mudanças.

Na PF, o atual chefe é Rolando Alexandre, que ocupa o cargo desde maio do ano passado, tendo assumido logo após a saída de Sergio Moro do ministério. Ele já teria sido informado por Torres de que deixará o cargo de diretor-geral da PF. Já na PRF, o atual comandante é Eduardo Aggio, que está na pasta há cerca de um ano.

A PF e a PRF são os dois principais órgãos vinculados ao Ministério da Justiça, agora oficialmente sob o comando de Torres, que é delegado da Polícia Federal de carreira.

O ministro ainda não revelou os nomes dos substitutos de Rolando Alexandre e de Eduardo Aggio. De acordo com integrantes do Palácio do Planalto, a escolha para a PF teria sido pessoal, com perfil técnico.

A expectativa é de que os nomes sejam anunciados nas próximas horas.



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Privatização da Corsan

Ex-prefeito de Santa Rosa, Orlando Desconsi, falou na manhã desta segunda-feira (19) sobre a privatização da Corsan.

há 16 horas


Mantei avalia os 100 primeiros dias de governo

há 17 horas


Programa Podcast Noroeste

há 17 horas