Saúde

Leite afirma que proibição da venda de bebidas em supermercados é fake news

Governador esclarece que bebidas alcoólicas e não alcoólicas se encaixam dentro do item alimentação nos supermercados, podendo ser comercializadas.

Publicado em 06/03/2021 15h55 - Atualizado há um mês - de leitura
Governador Eduardo Leite afirma que proibição da venda de bebidas em supermercados do Rio Grande do Sul é fake news / Foto: Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite afirmou na manhã deste sábado (6) que a proibição da venda de bebidas em supermercados do Rio Grande do Sul é fake news. O governador esclareceu que bebidas alcoólicas e não alcoólicas se encaixam dentro do item alimentação nos supermercados, podendo ser comercializadas.

A afirmação foi feita nas redes sociais. “Não caia em fake news e não espalhe a desinformação”, publicou Leite.

Nesta sexta-feira (5), o governador anunciou o endurecimento de medidas no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Dentre as determinações, foi suspensa a vendas de itens não essenciais nos supermercados. A medida vale a partir da próxima segunda-feira (8).

Em razão da proibição, surgiram dúvidas entre os gaúchos sobre a venda de bebidas alcoólicas, se elas poderiam ou não ser vendidas nos estabelecimentos. Além disso, nas redes sociais passaram a circular informações sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas, o que foi desmentido pelo governador.

O novo decreto, publicado nesta sexta no Diário Oficial, prevê que estabelecimentos só poderão comercializar produtos relacionados à alimentação, à saúde e à higiene da população. Além disso, segundo o governo estadual, material escolar e de ferragem são considerados essenciais.

Leia também:

Leite aumenta restrições e mantém suspensão da cogestão por mais duas semanas

RS estipula multa de até R$ 4 mil para quem não utilizar máscara



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Privatização da Corsan

Ex-prefeito de Santa Rosa, Orlando Desconsi, falou na manhã desta segunda-feira (19) sobre a privatização da Corsan.

há 16 horas


Mantei avalia os 100 primeiros dias de governo

há 17 horas


Programa Podcast Noroeste

há 17 horas