Saúde

Leite aumenta restrições e mantém suspensão da cogestão por mais duas semanas

Dentre as novas medidas anunciadas a prefeitos, a venda de produtos não essenciais no comércio será proibida.

Publicado em 05/03/2021 17h54 - Atualizado há um mês - de leitura
Governador Eduardo Leite aumenta restrições e mantém suspensão da cogestão por mais duas semanas / Foto: Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite anunciou aos prefeitos gaúchos, em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (5) com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e associações regionais de prefeitos, que irá aumentar as restrições e manter a suspensão da cogestão por mais duas semanas. No encontro, foi feita uma avaliação do cenário atual da pandemia no Estado, que se agravou na última semana. Com isso, a bandeira preta será mantida, conforme já havia sido antecipado pelo chefe do Executivo estadual, inclusive, com uma prorrogação maior.

Dentre as medidas anunciadas pelo governador em coletiva, a venda de produtos não essenciais no comércio será proibida, valendo a partir da próxima segunda-feira (8), para que os supermercados tenham tempo de restringir o acesso a esses produtos. O descumprimento resultará em sanções. Um decreto com as medidas deve ser publicado ainda nesta sexta.

Outro ponto de destaque das medidas trata da suspensão geral de atividades após as 20h, que segue valendo até o dia 31 de março.

O governador também anunciou que 226 municípios gaúchos que ainda não têm SAMU 192 podem aderir ao serviço, disponibilizando o atendimento à população. Para adesão do município, são necessários um número de telefone, para se conectar à central de regulação, aderir ao sistema informatizado da central de regulação, equipamentos técnicos para isso (computadores) e equipe, composta de motorista, técnico de enfermagem e socorrista.

A cogestão do Distanciamento Controlado com os municípios deve voltar somente no dia 22.

Leia também:

Leite afirma que o RS terá mais uma semana em bandeira preta

Leite decide pela suspensão da cogestão e todo RS terá bandeira preta



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Privatização da Corsan

Ex-prefeito de Santa Rosa, Orlando Desconsi, falou na manhã desta segunda-feira (19) sobre a privatização da Corsan.

há 16 horas


Mantei avalia os 100 primeiros dias de governo

há 17 horas


Programa Podcast Noroeste

há 17 horas