Saúde

Santa Rosa aguarda para hoje resultado da contestação

Se permanecermos na bandeira vermelha, vários tipos de comércios deverão fechar.

Publicado em 13/07/2020 07h18 - Atualizado há 4 semanas - de leitura
Microrregião de Santa Rosa entrou na bandeira vermelha na 10ª avaliação. / Foto: Arquivo Jornal Noroeste

A Associação dos Municípios da Fronteira Noroeste – AMUFRON, espera para a tarde desta segunda-feira, 13, o resultado do julgamento do recurso enviado por Santa Rosa ao Governo do Estado.

A divulgação deverá acontecer até o meio dia, quando será feito o anúncio definitivo da nova rodada do Distanciamento Controlado. Na publicação prévia feita na sexta-feira (10), Santa Rosa e a microrregião evoluíram para bandeira vermelha.

O Comitê de Contingenciamento do novo Coronavírus em Santa Rosa, formado basicamente por representantes do Governo Municipal, Fundação Municipal de Saúde, 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, Hospital Vida & Saúde e dos órgãos de Segurança Pública, concluíram um encontro de avaliação no último sábado (11).

“Entramos com o recurso junto ao órgão competente do Estado, pedindo a manutenção da bandeira laranja em Santa Rosa na próxima semana”, informou a advogada Leila Piekala, secretária de Gestão de Fazenda.

Segundo Leila Piekala, foram dois documentos apresentados. Um de parte de Santa Rosa e outro através da Associação dos Municípios da Fronteira Noroeste (Amufron).

Manter-se a bandeira laranja significa para Santa Rosa a manutenção do comércio aberto, sem maiores restrições. A bandeira vermelha determina o fechamento de todas as atividades consideradas não essenciais.

O QUE MUDA NA BANDEIRA VERMELHA

A bandeira vermelha, em essência, impõe restrições mais severas àquelas adotadas em áreas com bandeira laranja (situação atual de Santa Rosa).

Somente estabelecimentos que vendem itens essenciais podem estar abertos, mantendo 50% dos trabalhadores. Os demais locais de comércio devem ficar fechados.

Restaurantes e lancherias ficam proibidos de receber clientes no local, mas podem atender em sistema de tele-entrega, drive-thru e pegue e leve.

Academias, missas e serviços religiosos, clubes sociais e esportivos (mesmo que com atendimento individual) e serviços de higiene pessoal, como cabeleireiro e barbeiro, por exemplo, passam a ser totalmente vedados.



Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

Unidade Dom Bosco é adquirida em leilão pelo Vida & Saúde

O Hospital Vida & Saúde de Santa Rosa/RS adquiriu em leilão a estrutura do Hospital Dom Bosco, que ocorreu na manhã desta terça-feira, 11. O valor do negócio foi de R$ 9.354.000,00. Ele aconteceu às 10h, via internet, quando tiveram dois interessados. O Vida & Saúde arrematou, dará uma entrada de R$ 2,5 milhões em 24 horas e parcelará o restante em 30 vezes.

há 13 horas


89 anos de Santa Rosa

ontem


Santa Rosa comemora hoje, 10 de agosto, 89 anos de emancipação.

há 2 dias